Uber reduz prejuízos para 891 milhões de dólares. Mas ainda está longe de ser rentável

No segundo trimestre do ano, a plataforma de transporte reduziu os prejuízos, mas ainda está longe de se tornar rentável.

A Uber apresentou prejuízos de 891 milhões de dólares (786 milhões de euros) no segundo trimestre do ano, um valor mais baixo do que o registado no mesmo período do ano passado (1,1 mil milhões de dólares), de acordo com o Tech Crunch (conteúdo em inglês). De acordo com os dados divulgados esta quarta-feira, o EBITDA reduziu para 614 milhões de euros.

As receitas líquidas da empresa de transportes — que excluem o valor pago aos motoristas, as promoções e os reembolsos –, aumentaram 8% para 2,8 mil milhões de dólares (2,5 mil milhões de euros) face ao trimestre homólogo, e 60% face ao ano passado. “Tivemos outro grande trimestre, continuando a crescer a um ritmo impressionante para um negócio de nossa escala”, afirmou a CEO, Dara Khosrowshahi, em comunicado.

As perdas da Uber aumentaram devido aos seus investimentos na Índia, Médio Oriente, nas bicicletas e nas scooters. No trimestre em questão, a empresa expandiu-se para novas cidades na Europa, Médio Oriente e África. Isto tudo numa altura em que se prepara para entrar em bolsa em 2019.

Estamos a avançar. Estamos a investir no futuro da nossa plataforma: apostas como Uber Eats, meios de transporte mais ecológicos, como Express Pool, e-bikes e scooters; mercados com alto potencial, como o Médio Oriente e a Índia, onde estamos a consolidar a nossa posição de liderança”, rematou Khosrowshahi.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Uber reduz prejuízos para 891 milhões de dólares. Mas ainda está longe de ser rentável

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião