Quinta da Lixa tem Estados Unidos como principal mercado exportador

  • Lusa
  • 17 Agosto 2018

A propriedade, localizada em Felgueiras, já exportou este ano 800 mil euros para os Estados Unidos, sendo este o principal mercado exportador "há quatro ou cinco anos".

A Quinta da Lixaexportou 800 mil euros para os Estados Unidos este ano e prevê terminar 2018 com um crescimento homólogo superior a 12% naquele mercado, que destronou a Alemanha como principal destino internacional da produtora de vinhos.

Desde há “quatro ou cinco anos”, os Estados Unidos são o principal mercado de exportação da empresa, apresentando “um enorme potencial de crescimento”, disse Óscar Meireles, administrador da Quinta da Lixa, à Lusa. As exportações para este território têm vindo a evoluir favoravelmente nos últimos anos e, se em 2015 somaram 620 mil euros, em 2016 aumentaram para os 700 mil euros e em 2017 atingiram os 750 mil euros.

Quinta da Lixa, FelgueirasQuinta da Lixa/Facebook

No ranking dos principais mercados internacionais dos vinhos verdes da quinta, localizado no concelho de Felgueiras, aparecem países como a Alemanha (que chegou a liderar, mas foi entretanto ultrapassada pelos Estados Unidos), a Holanda, a Rússia, o Reino Unido e, por fim, o Brasil. A par dos Estados Unidos estão também a Rússia e o Japão, apontados pela empresa como destinos “de grande potencial”, embora os dois últimos sejam “mais morosos a criar negócio” e “nem sempre responsivos na hora”.

Com uma produção anual a rondar os 4,2 milhões de garrafas, a Quinta da Lixa aumentou as vendas em 10% para 6,625 milhões de euros no ano passado, em grande parte devido ao dinamismo dos mercados externos extracomunitários, que progrediram 51,55%. Em alta estiveram também as vendas para o mercado interno — que representou mais de metade da faturação e subiu quase 6% para 3,761 milhões de euros –, assim como as vendas para o mercado intracomunitário, que aumentaram 7,42% para cerca de dois milhões de euros.

Atualmente, a produtora vitivinícola canaliza 52% das vendas para 34 mercados externos, tendo o lucro aumentando em 140% o ano passado, em termos homólogos para 708 mil euros.

Depois de, nos últimos sete anos, ter investido mais de seis milhões de euros em novas propriedades numa nova linha de engarrafamento com capacidade para 9.000 garrafas/hora e no primeiro hotel vínico da região dos vinhos verdes (o Monverde — Wine Experience Hotel), com o objetivo de aumentar a capacidade da adega, a Quinta da Lixa tem em curso um novo investimento de 1,2 milhões de euros em 2018 e 2019, sobretudo destinado ao aumento da área de vinha própria.

Inicialmente um pequeno negócio da família Meireles — proprietária de várias vinhas em redor da pequena vila da Lixa –, a Quinta da Lixa — Sociedade Agrícola foi criada em 1986 e tem hoje uma produção anual de cerca de 4,2 milhões de garrafas.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Quinta da Lixa tem Estados Unidos como principal mercado exportador

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião