Turquia apresenta queixa contra os Estados Unidos na OMC

  • Lusa
  • 20 Agosto 2018

A Turquia vai contestar formalmente na Organização Mundial do Comércio (OMC) as taxas alfandegárias impostas pelo Presidente Donald Trump às importações de aço e alumínio.

A Turquia apresentou queixa na Organização Mundial do Comércio (OMC) a contestar as taxas aduaneiras impostas ao aço e ao alumínio pelos Estados Unidos, segundo um documento divulgado esta segunda-feira.

A Turquia pediu formalmente a abertura de “consultas” com os Estados Unidos sobre as tarifas de 25% para o aço e de 10% para o alumínio, numa primeira etapa para a resolução dos diferendos.

Ancara considera que as medidas comerciais restritivas “são incompatíveis com um certo número de disposições” da OMC e espera agora uma resposta dos Estados Unidos tendo em vista estabelecer uma data para iniciar consultas, indica o documento distribuído aos membros da organização.

Vários membros da OMC já recorreram à organização para contestar as taxas norte-americanas, incluindo União Europeia, China, Rússia, México e Canadá.

Segundo as regras da OMC, se passarem 60 dias sem consultas que levem a uma resolução do conflito, a Turquia pode pedir à organização que estabeleça um procedimento de arbitragem, dando início a um longo processo que pode durar anos.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Turquia apresenta queixa contra os Estados Unidos na OMC

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião