Sonae acelera em bolsa após resultados. BCP trava Lisboa

Lisboa arrancou a sessão em queda. Está a acompanhar a tendência das restantes praças europeias, penalizada pelos títulos do setor energético. O BCP cai mais de 1%.

Lisboa arrancou a sessão em queda. Apesar de ter, por instantes, passado para terreno negativo, rapidamente voltou a acompanhar a tendência das restantes praças europeias, penalizada pelo comportamento negativo dos títulos do setor energético. O BCP também pressiona, isto num dia de ganhos expressivos para a Sonae.

O PSI-20, índice de referência nacional, arrancou o dia a cair 0,14%. Está a perder 0,11% para cotar nos 5.510,70 pontos, após três sessões consecutivas de ganhos. Na Europa o cenário é idêntico, com os principais índices do Velho Continente a apresentarem quedas entra os 0,1% e 0,2%.

A maioria das cotadas está em queda, mas é o setor da energia que se destaca pela negativa. A Galp Energia recua 0,48% para os 17,61 euros, enquanto a EDP e a EDP Renováveis cedem menos de 0,1%.

Determinante para esta descida do PSI-20 é a queda de 1,21% dos títulos do BCP. O banco liderado por Miguel Maya está a cotar nos 0,2537 euros, corrigindo de ganhos recentes. Também a aliviar das subidas estão os CTT que recuam 0,95% para os 3,328 euros.

A impedir uma descida mais expressiva da bolsa está a Nos, ao avançar 0,08%, mas são essencialmente os título do retalho que se destacam. A Sonae é a estrela da sessão em Lisboa.

A empresa liderada por Paulo Azevedo está a valorizar 1,82% para 0,9795 euros, sendo a empresa que integra o PSI-20 que mais sobe nesta sessão. Também a Sonae Capital apresenta ganhos de 0,45% para 0,8950 euros. A Jerónimo Martins também está a dar uma ajuda ao PSI-20, registando ganhos de 0,27% para 13,1250 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sonae acelera em bolsa após resultados. BCP trava Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião