Direto Os recados de Marcelo: “Não há democracia sem combate à corrupção e entidades estruturantes como as Forças Armadas”

O caso de Tancos marcou as intervenções na Praça do Município, em Lisboa. O Presidente disse que "não há democracia sem entidades estruturantes, como as Forças Armadas”.

“Não há verdadeira democracia sem democratas, não há democracia sem condições económicas e sociais que lhe confiram legitimidade. Não há democracia sem combate à corrupção. Não há democracia sem um sistema político dinâmico e gerador de alternativa. Não há democracia sem entidades estruturantes, como as Forças Armadas”. Foram estes os recados mais fortes do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no tradicional discurso nas comemorações que marcam o 108.º aniversário da Implantação da República.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Os recados de Marcelo: “Não há democracia sem combate à corrupção e entidades estruturantes como as Forças Armadas”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião