Hoje nas notícias: IRS, Madeira e incêndios

  • ECO
  • 15 Outubro 2018

Em dia de entrega do OE, são conhecidas mais medidas do documento. Entre elas, um bónus no IRS com as despesas em educação e rendas no interior, e uma subida nos impostos de carros de empresa.

Em dia de entrega do Orçamento do Estado para 2019, vão sendo conhecidas mais medidas do documento. Entre elas encontra-se um bónus com as despesas em educação e rendas no interior, e uma subida nos impostos para os carros das empresas. Estas e outras notícias marcam as manchetes dos jornais nacionais.

Gastos com a educação e as rendas de casa no interior dão bónus de 700 euros no IRS

As despesas com a educação e com as rendas de casa localizadas no interior do país vão dar um bónus no IRS. A diferença para uma família que estude e resida na capital ou no Porto chega aos 700 euros. O valor dos gastos dos estudantes de estabelecimentos de ensino situados no interior pode ser abatido em 40%, até um limite de mil euros. Outra novidade ainda é que a entrega da declaração anual do imposto foi alargada em um mês, até ao final de junho.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago).

Governo aumenta impostos para carros da empresa

As despesas e encargos relacionados com as viaturas ligeiras de passageiros, motos e motociclos vão ter taxas de tributação autónoma mais altas. O aumento pode atingir os 50%, consoante o valor das viaturas. A taxa sobre os veículos que tenham custado menos de 25 mil euros passa de 10% para 15%, que se traduz num aumento de 50%. A subida é transversal a todas as empresas.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Governo quer “estrangular financeiramente” Madeira

Pedro Calado, vice-presidente do governo regional da Madeira, quer mais verbas do Orçamento do Estado para a região. O vice-presidente acusa o primeiro-ministro, António Costa, de ver a Madeira como uma “colónia”, e afirma ainda que o Governo quer “estrangular financeiramente a Madeira”.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (link inacessível).

Recuperadas 36 casas das 366 ardidas nos incêndios

Só foram recuperadas 36 casas de 366 ardidas nos incêndios florestais que deflagraram há cerca de um ano. Na origem dos atrasos estará na complexidade dos processos da região Centro. A Provedoria da Justiça já recebeu 103 queixas relativas a esta questão.

Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (link inacessível).

Costa remodela para inverter a crise e olhar para as legislativas

A substituição de Azeredo Lopes, que saiu do cargo de ministro da Defesa Nacional, levou a uma remodelação do Governo. São quatro novos ministros, para figuras com mais peso político do que os antecessores. Siza Vieira foi o escolhido para a pasta da Economia, lugar que era ocupado por Caldeira Cabral.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: IRS, Madeira e incêndios

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião