Tancos leva ministro a sair. César espera que também haja consequências nas Forças Armadas

  • ECO
  • 17 Outubro 2018

Carlos César considera que, depois da saída de Azeredo Lopes, é esperado que as "consequências" também cheguem às Forças Armadas.

A demissão do ministro da Defesa “traz um novo fôlego e uma nova autoridade”, mas o caso Tancos não pode ficar por aí. Quem o diz é o presidente dos socialistas, que espera que também haja “consequências do ponto de vista das Forças Armadas”. Neste sentido, em declarações à TSF, Carlos César indica mesmo a eventual saído do Chefe do Estado-Maior do Exército.

Sobre a remodelação realizada no seio do Executivo, o socialista diz que foi uma “opção” de António Cosa, que entendeu que a “substituição desses titulares” seria vantajosa para determinadas áreas.

“Tratando-se de áreas onde não se observou um impedimento de nenhum dos seus titulares, trata-se de uma opção do primeiro-ministro de avaliação do desenvolvimento da atividade governativa nessas áreas e o seu entendimento é que elas ganhariam um novo fôlego com a substituição desses titulares”, sublinhou César.

Além disso, o presidente do PS notou que “as remodelações neste momento demonstram que somos todos Costa”.

Por outro lado, também à TSF, o social-democrata Luís Montenegro salientou que estas alterações são “um ato de confissão de falhanço político”, que resulta de uma “crise governativa”. O parlamentar defendeu ainda que a remodelação é apenas “uma mudança de cosmética, uma mudança de caras” que não trará qualquer “alteração substantiva”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tancos leva ministro a sair. César espera que também haja consequências nas Forças Armadas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião