Fiat vende unidade de componentes hi-tech por 6,2 mil milhões. Ações aceleram 5% em bolsa

A Fiat Chrysler vai amealhar 6,2 mil milhões de euros com a venda da unidade de componentes hi-tech Magneti Marelli ao fundo de private equity KKR. As suas ações somam 5% em bolsa.

Mais uma grande operação no setor automóvel. A Fiat Chrysler acordou a venda da sua unidade hi‐tech Magneti Marelli ao fundo de private equity KKR por 6,2 mil milhões de euros. Os investidores aplaudem o negócio, levando as ações da Fiat a dispararem perto de 5% em bolsa.

Nesta segunda-feira, o fabricante japonês de peças de automóvel Calsonic Kansei, que é detido pelo fundo norte-americano KKR, anunciou a celebração da aquisição da Magneti Marelli. A concretização desta operação dará origem ao sétimo maior fornecedor independente de componentes automóveis do mundo, com receitas na ordem dos 15,2 mil milhões de euros, segundo um comunicado da empresa citado pela Reuters.

Evolução das ações da Fiat Chrysler

Fonte: Reuters

Irá também permitir à empresa japonesa uma redução da sua estrutura de custos pelas sinergias daí resultantes, bem como a expansão da sua base de clientes.

Quem também ganha é a Fiat Chrysler, que para além da entrada de dinheiro resultante desta operação também está a assistir a uma forte valorização das suas ações. Estão a ganhar 4,97%, para os 14,11 euros na bolsa de Milão.

Para a Fiat, trata-se do primeiro grande negócio desde que Mike Manley assumiu o cargo de CEO da empresa, em julho, no seguimento da morte de Sergio Marchionne.

Tudo aponta para que o negócio seja concluído na primeira metade do próximo ano, estando dependente da aprovação dos reguladores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fiat vende unidade de componentes hi-tech por 6,2 mil milhões. Ações aceleram 5% em bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião