Santa Casa já pagou mas ainda não entrou no Montepio

  • ECO
  • 22 Outubro 2018

A cerimónia que formalizou o negócio teve lugar a 29 de junho, altura em que Tomás Correia avançou que iriam entrar 50 instituições e que esperava alienar até 2% do capital do banco em 2018.

A entrada da Santa Casa da Misericórdia no Montepio está por concretizar, passados quase quatro meses de formalizada. O cheque de 75 mil euros foi passado mas o contrato que consubstancia a transferência da detenção das ações continua ainda por assinar, avança esta segunda-feira o Jornal de Negócios (acesso pago).

A associação mutualista, questionada pelo jornal, disse que “o processo está em curso”. Sobre a forma como será feita a entrada das entidades da economia social no capital da caixa económica, a assessoria de imprensa diz que “a entrada de participações no capital da Caixa Económica Montepio Geral far-se-á por compra de ações ao Montepio Geral – Associação Mutualista”.

A mutualista venderá posições, mas continuará a ter bem mais de 99% do seu capital, tendo em conta que o investimento agregado não chegará aos 100 mil euros. No mês passado, o Público noticiou que só tinham chegado ao Montepio 91 mil euros. O Negócios tem pedido listagem das associações que estão no negócio, mas ainda não obteve resposta à solicitação.

Até agora, dos 90 mil que deram entrada, 75 mil foram pagos pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. No entanto, em resposta ao dinheiro, ainda não chegou a confirmação de que é já acionista da caixa económica. Segundo informações obtidas pelo Negócios, a justificação para que ainda não tenha recebido as ações em troca é a de que a associação quererá esperar por todas as minutas de contrato das dezenas de instituições da economia social que vão entrar no capital.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Santa Casa já pagou mas ainda não entrou no Montepio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião