Combustíveis baixam pela quarta semana consecutiva. Descem meio cêntimo esta segunda-feira

Tanto a gasolina com o gasóleo vão ficar mais baratos na próxima semana. Preços descem meio cêntimo por litro, naquela que será a quarta semana de descidas.

Vai abastecer o depósito do seu automóvel em breve? Então deixe passar o fim de semana e vá ao posto de abastecimento na segunda-feira, isto porque tanto a gasolina com o gasóleo vão ficar mais baratos na próxima semana. Fonte do setor adiantou ao ECO que os preços baixam meio cêntimo em ambos os casos, naquela que será a quarta semana de descidas.

Para o gasóleo, o combustível mais usado pelos portugueses, a descida de meio cêntimo baixará o preço do litro para os 1,4613 euros, o valor mais baixo desde o início de outubro, tendo em conta os preços oficiais divulgados pela Direção-Geral da Energia.

No caso da gasolina, tudo aponta para que passe a custar 1,5566 euros por litro, o que será o preço mais baixo desde o início de maio. É mais uma boa notícia para o bolso dos consumidores no final de uma semana, depois de terem ficado a saber que o Governo se prepara para remover o adicional ao Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP), reduzindo o preço deste combustível em três cêntimos.

A evolução dos preços dos combustíveis tem por base o comportamento das cotações do barril do “ouro negro” e derivados nos mercados internacionais na última semana. O contrato de Brent, referência para as importações nacionais, desvaloriza mais de 6%, com o barril a custar 72,73 dólares.

(Notícia atualizada às 15h00)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Combustíveis baixam pela quarta semana consecutiva. Descem meio cêntimo esta segunda-feira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião