Xi Jinping convida Marcelo a visitar a China em abril de 2019

O Presidente da República vai marcar presença na iniciativa chinesa, de investimento em infraestruturas, "Uma Faixa, Uma Rota", no próximo ano.

O presidente chinês Xi Jinping convidou, esta tarde, Marcelo Rebelo de Sousa a visitar a China em abril de 2019, para marcar presença na iniciativa chinesa de investimento em infraestruturas “Uma Faixa, Uma Rota“.

O convite, formulado no encontro a sós entre os dois líderes no Palácio de Belém, “já foi aceite” por Marcelo Rebelo de Sousa, revelou o Presidente da República em declarações transmitidas pela SIC Notícias. O projeto, também apelidado de Novas Rotas da Seda, tem como objetivo cimentar as relações comerciais chinesas na Ásia, Europa e África.

Marcelo ressalvou que a “cooperação cultural, universitária, cientifica e tecnológica cresce de dia para dia”, e sinaliza que a “cooperação económica e financeira é forte e queremos que seja sustentada no futuro”. Esta é a primeira visita oficial de um chefe de Estado chinês a Portugal desde outubro de 2010.

“A relação sino portuguesa está a entrar no seu melhor período histórico”, disse Xi Jinping. O presidente chinês citou ainda um ditado português para descrever a cooperação entre os dois países: “Vinho, azeite e amigo, quanto mais antigo melhor”.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Xi Jinping convida Marcelo a visitar a China em abril de 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião