Da uva de mesa ao 5G, estes são os 17 acordos assinados entre Portugal e a China

A passagem de Xi Jinping por Portugal mostrou-se muito "frutífera", tendo permitido celebrar 17 acordos entre empresas e instituições portuguesas e chinesas.

O presidente da China, Xi Jinping, está de visita a Portugal, no que tem sido uma passagem muito “produtiva” para os negócios entre os países. Multiplicam-se os acordos assinados entre empresas portuguesas e chinesas, em áreas desde as telecomunicações à banca, passando pela energia.

O Estado chinês tornou-se, nos últimos anos, um importante investidor para as empresas portuguesas. E a relação entre os dois países vai continuar a aumentar. Foram assinados 17 acordos de cooperação, pelo primeiro-ministro António Costa e também por vários ministros dos dois países, numa cerimónia realizada no Palácio de Queluz.

António Costa e Xi Jinping destacaram o fortalecimento da relação bilateral e reforçam a ideia de que esta visita foi “frutífera”, e um “grande sucesso”. Como indica o ditado português citado por Xi Jinping, “Vinho, azeite e amigo, quanto mais antigo melhor”. Entre os acordos assinados, dez são memorandos de entendimento.

Veja aqui os vários negócios que foram celebrados entre Portugal e China:

  • Uma Faixa, Uma Rota. A grande iniciativa chinesa

Na reunião entre os líderes dos dois países, Marcelo Rebelo de Sousa e Xi Jinping, foi formulado o convite para a participação portuguesa na iniciativa chinesa de investimento em infraestruturas “Uma Faixa, Uma Rota“, que pretende ser uma versão simplificada da Faixa Económica da Rota da Seda. O memorando de entendimento já foi assinado, e as áreas com mais destaque são a conectividade e a mobilidade elétrica.

  • Cofco Internacional cria 150 postos de trabalho em Matosinhos

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) celebrou um memorando de entendimento com a Corporação Nacional de Cereais, Óleos e Alimentos da China (Cofco), que é uma das principais empresas estatais de processamento de alimentos da China. O acordo determina o estabelecimento de serviço global da Cofco em Matosinhos. Este empreendimento vai criar 150 postos de trabalho em Portugal.

  • CGD e Bank of China na emissão de “panda bonds”

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) assinou um protocolo com o Bank of China (BoC) para estruturar e colocar uma emissão de dívida pública portuguesa em renmimbis, as chamadas “panda bonds” portuguesas.

  • BCP vai emitir cartões da Union Pay

O BCP fez um acordo com a empresa chinesa de serviços financeiros para emitir cartões de crédito da Union Pay. Os serviços da empresa são maioritariamente utilizados por turistas chineses que querem fazer transações internacionais.

  • REN com a State Grid além fronteiras

A empresa gestora da rede elétrica nacional assinou um memorando de entendimento com a responsável pela maior parte da operação da rede elétrica na China para a integração de renováveis, interconexão energética entre Portugal e Marrocos, e o desenvolvimento de parcerias internacionais.

  • No meio da OPA, EDP e China Three Gorges apostam na responsabilidade social

A China Three Gorges (CTG) é a principal acionista da elétrica portuguesa EDP. O acordo celebrado foi no âmbito da responsabilidade social da empresa.

  • MEO e Huawei vão desenvolver o 5G

A empresa de telecomunicações portuguesa Meo e a fabricante chinesa de telemóveis Huawei assinaram um memorando de entendimento sobre o desenvolvimento da tecnologia 5G.

  • STARLAB vai levar Portugal ao espaço

Ficou acordada a implementação em Portugal do STARLAB, um laboratório de pesquisa de tecnologia avançada nos domínios do mar e do espaço.

  • Mais cooperação no comércio de serviços

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva e o ministro do Comércio chinês, Zhong Shan, assinaram um memorando sobre cooperação em matéria de comércio de serviços.

  • Festivais culturais já no próximo ano

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, e o seu homólogo chinês, Luo Shugang, assinaram um acordo para a programação de festivais culturais. António Costa refere que os festivais irão acontecer já no próximo ano.

  • RTP faz documentários com a China

Foi celebrado um acordo de cooperação entre a RTP e um grupo media da China para a produção conjunta de documentários.

  • Uva portuguesa vai para as mesas chinesas

Está previsto o fortalecimento da exportação portuguesa para a China, nomeadamente de uva de mesa portuguesa.

  • Portugal e China cooperam na água

Foi assinado um memorando de entendimento no domínio da água, pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

  • Instituto Confúcio na Universidade do Porto

Será estabelecido na Universidade do Porto um Instituto Confúcio.

  • Universidade de Coimbra vai ter Centro de Estudos Chineses

Ainda na área do Ensino Superior, está também prevista a instalação de um Centro de Estudos Chineses na Universidade de Coimbra.

  • Tekever e Academia Chinesa das Ciências olham para os oceanos

Este acordo tem como objetivo “alargar a cooperação com outras entidades internacionais em áreas como a visão 4D, a exploração do espaço profundo, desenvolvimento de plataformas de satélites ou de tecnologias de monitorização e proteção dos oceanos”.

  • Setúbal vai cooperar com Tianjin

Ficou ainda registado o compromisso em torno de uma carta de intenções sobre cooperação entre as câmaras municipais de Tianjin e de Setúbal.

Comentários ({{ total }})

Da uva de mesa ao 5G, estes são os 17 acordos assinados entre Portugal e a China

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião