Governo e OCDE colidem por causa da corrupção

  • ECO
  • 5 Janeiro 2019

O relatório que a OCDE prepara sobre Portugal analisa um ponto novo: a corrupção. O Governo considera forçado.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) está a preparar o relatório bianual sobre Portugal onde um dos temas analisados é a corrupção, que surge no âmbito da relação entre o sistema de justiça e a atividade económica. Esta decisão estão a causar mal estar junto do Governo, conta o semanário Expresso (acesso condicionado) na edição deste sábado.

Em causa está o Economic Survey, um relatório feito a cada dois anos, que analisa com detalhe a economia nacional. Ao jornal do grupo Impresa, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, admite que “se o relatório fosse transformado numa simples listagem de ideias feitas, perceções, estereótipos, seria muito errado e Portugal teria de protestar”.

A publicação do relatório está prevista para fevereiro ou março e, por isso, para já o palco da tensão são os bastidores da preparação do documento.

O relatório é preparado pela equipa de Álvaro Santos Pereira, ex-ministro da Economia no governo de Passos Coelho que, na sua conta pessoal de Twitter tem assumido posições críticas ao relacionar a corrupção e o compadrio com a ajuda externa e o resgate a bancos.

 

Comentários ({{ total }})

Governo e OCDE colidem por causa da corrupção

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião