Amazon é a cotada mais valiosa do mundo. Passou a Microsoft

  • Lusa e ECO
  • 7 Janeiro 2019

A empresa liderada por Jeff Bezos, que chegou a superar, tal como a Apple, a fasquia do bilião de dólares, está agora a valer cerca de 800 mil milhões.

A Amazon passou a Microsoft como a empresa com maior capitalização bolsista do mundo. A empresa liderada por Jeff Bezos, que chegou a superar, tal como a Apple, a fasquia do bilião de dólares, está agora a valer cerca de 800 mil milhões.

A mudança de posições no ranking das empresas mais valiosas do mundo ocorreu esta segunda-feira, depois de as ações da Amazon, gigante do comércio retalhista online, subirem 3,0%, para os 1.629,51 dólares.

Esta subida, numa sessão de ganhos em Wall Street, com os investidores confiantes num acordo entre os EUA e a China, que ponha fim à guerra comercial, colocou a capitalização bolsista da empresa de Bezos nos 797 mil milhões de dólares (694 mil milhões de euros).

Já a cotação bolsista da tecnológica Microsoft, que pouco variou nesta primeira sessão da semana, fechando nos 102,06 dólares, está nos 784 mil milhões de dólares.

Por comparação com o valor de mercado de estas duas gigantes do setor tecnológico, o produto interno bruto de Portugal em 2017 foi de 193 mil milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Amazon é a cotada mais valiosa do mundo. Passou a Microsoft

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião