Hoje termina o prazo para se candidatar ao programa de arrendamento Porta 65

Se deixou a candidatura para a última hora, ainda pode fazê-lo até às 18 horas desta segunda-feira, momento em que enceram as candidaturas ao programa de arrendamento jovem.

Marque na sua agenda: termina esta segunda-feira o prazo para submeter a candidatura ao programa de arrendamento Porta 65 Jovem, de acordo com o Portal da Habitação. Se deixou a candidatura para a última hora, ainda pode fazê-lo durante o dia de hoje, mas tome atenção: apenas até às 18 horas, momento em que enceram as candidaturas.

Os interessados devem aceder, via eletrónica, ao Portal da Habitação para submeter a candidatura. Mas, antes disso, devem ainda certificar-se que cumprem todos os requisitos exigidos, como por exemplo:

  • Não usufruírem, cumulativamente, de quaisquer subsídios ou de outra forma de apoio público à habitação;
  • Nenhum dos jovens membros do agregado pode ser proprietário ou arrendatário para fins habitacionais de outro prédio ou fração habitacional;
  • Nenhum dos jovens membros do agregado pode ser parente ou afim do senhorio;
  • O rendimento mensal do jovem ou do agregado não pode ser superior a quatro vezes o valor da renda máxima admitida para cada zona.

Existem outros requisitos que deve ter em conta — e que pode consultar no Portal da Habitação — como as rendas máximas admitidas, que variam de município para município e consoante a tipologia da casa (de T0 a T5). Mas, para ter uma ideia, em Lisboa, por exemplo, as rendas máximas admitidas para o ano de 2018 — ano ao qual corresponde ainda o período de candidaturas em curso –, variam entre os 568 euros, no caso dos T0 e T1, os 739 euros, para os T2 e T3, e os 850 euros, se se tratar de um T4 ou T5. Mais a norte, no Porto, as rendas estabelecidas são ligeiramente mais baixas, chegando, no caso dos T4 e T5, até ao valor máximo de 739 euros.

De acordo com uma fonte oficial do IHRU, “os resultados relativos a este período de candidaturas [que teve início no passado dia 12 de dezembro] só serão disponibilizadas no final do próximo mês de fevereiro“.

A iniciativa do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), que tenta dar soluções de habitação a jovens sozinhos, em família ou em coabitação jovem, tem como objetivo regular os incentivos aos jovens arrendatários e dinamizar o mercado do arrendamento.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Hoje termina o prazo para se candidatar ao programa de arrendamento Porta 65

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião