Lisboa segue praças europeias e acorda no verde. CTT puxam pela bolsa

Os mercados europeus abriram em terreno positivo, na última sessão da semana. Por cá, as estrelas são os títulos dos CTT, da Mota Engil e da Jerónimo Martins.

Depois de uma semana de grandes emoções, os mercados respiram de alívio. As praças europeias acordaram, esta sexta-feira, em terreno positivo, à boleia dos avanços nas negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China. Por cá, é a Jerónimo Martins e os CTT a liderarem os ganhos, num dia em que apenas três das cotadas nacionais estão no vermelho.

Na última sessão da semana, o índice de referência nacional, o PSI-20, abriu a subir 0,54% para 5.056,85 pontos. Também no verde arrancaram as demais praças europeias com o Stoxx 600 a valorizar 0,4%, o britânico FTSE 0,6%, o alemão Dax 0,8%, o francês CAC 0,6% e o espanhol Ibex 0,5%.

Tal desempenho explica-se pelo potencial alívio das tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China. De acordo com o The Wall Street Journal (acesso pago), Donald Trump está a ponderar retirar as tarifas que foram aplicadas às importações de produtos chineses, de modo a tranquilizar os mercados e a incentivar Pequim a fazer concessões nesta matéria.

Por cá, em destaque estão os títulos da Mota Engil — que valorizam 1,62% para 1,752 euros — da Jerónimo Martins — que somam 1,35% para 12,055 euros — e dos CTT — que sobem 1,84% para 3,096 euros.

As ações do BCP estão, por sua vez, a somar 0,82% para 0,2457 euros. Abaixo da linha de água, os títulos da EDP Renováveis desvalorizam 0,44% para 7,9 euros.

Comentários ({{ total }})

Lisboa segue praças europeias e acorda no verde. CTT puxam pela bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião