Governo usa progressões para garantir aumentos

  • ECO
  • 25 Janeiro 2019

Governo anunciou esta quinta-feira aumento do salário mínimo para 635 euros. Uma parte dos funcionários passa a ganhar mais por causa das progressões.

O Governo quer usar as progressões na carreira para garantir os aumentos na Função Pública. Uma parte dos funcionários públicos, escreve esta sexta-feira o Público [acesso condicionado], só passa a ganhar o novo ordenado mínimo por causa das progressões.

O Conselho de Ministros anunciou esta quinta-feira ter aprovado o aumento do salário mínimo na administração pública para 635 euros.

De acordo com a ministra da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques, a progressão faz-se em primeiro lugar. Assim, alguns funcionários públicos chegarão ao valor anunciado usando os dez pontos que acumularam na avaliação. O jornal escreve ainda que só quem não está em condições de progredir será abrangido pelo decreto-lei que aumenta a remuneração base praticada no Estado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo usa progressões para garantir aumentos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião