Encomendas de iPhones para a China tombam 20%. Concorrência da Huawei aperta

Estudo aponta o abrandamento da economia, aumento do tempo de reposição e o elevado preço do iPhone entre os principais fatores para a quebra de encomendas do maior mercado de smartphones do mundo.

A Apple está a perder terreno no maior mercado de smartphones do mundo. As encomendas de iPhones para a China tombaram 20% no último trimestre do ano passado, quase o dobro da quebra registada naquele mercado como um todo. A gigante tecnológica norte-americana perde terreno para a Huawei que viu as encomendas dispararem 23% naquele mercado.

Os dados constam de um estudo da IDC, citado pela Bloomberg. De acordo com essa análise, o mercado chinês de smartphones contraiu 9,7% no último trimestre do ano passado, tendo a Apple perdido quase o dobro dessa percentagem. No estudo divulgado nesta segunda-feira é apontado o abrandamento da economia, a subida do tempo de reposição e o elevado preço dos iPhones como os principais fatores que suportam a quebra de encomendas registada pela Apple no mercado chinês naquele período.

“A Apple não tem uma boa estratégia de mercado que se encaixe num mercado chinês que está em rápida mudança”, disse Nicole Peng, diretora da Canalys, citada pela Bloomberg. “Também pareceu ter sido lenta em reagir à desaceleração económica da China e às mudanças na estrutura de consumo”, acrescentou a mesma especialista.

A falta de inovação tecnológica tem suscitado um menor interesse por parte dos consumidores chineses em substituir os respetivos equipamentos. A par disso, a Apple tem enfrentado ainda a forte concorrência da Huawei que, pelo contrário, viu as suas encomendas dispararem cerca de 23% no mesmo período no mercado chinês. Isto apesar das polémicas em que a empresa se tem visto envolvida. Nomeadamente, a detenção da diretora financeira e filha do fundador da Huawei nos Estados Unidos acusada de fraude bancária. A Huawei lidera o número de encomendas na China, a Apple está em quarto lugar.

Comentários ({{ total }})

Encomendas de iPhones para a China tombam 20%. Concorrência da Huawei aperta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião