Novabase lucra menos. Vai dar tudo em dividendos

A tecnológica registou lucros de 4,737 milhões de euros, no ano passado. Esse valor será distribuído praticamente na totalidade pelos acionistas, com o dividendo a manter-se nos 15 cêntimos por ação.

A Novabase fechou o ano passado com uma quebra ligeira dos seus lucros, mas decidiu manter o valor do dividendo a distribuir aos acionistas. Em comunicado enviado ao mercado, a tecnológica revelou lucros de 4,737 milhões de euros. Esse valor será distribuído praticamente na totalidade pelos acionistas, com o dividendo a manter-se nos 15 cêntimos por ação.

A tecnológica fechou o ano passado com lucros de 4,737 milhões de euros, 0,8% aquém do resultado alcançado em 2017 que se cifrou em 4,774 milhões de euros. Apesar dessa quebra, João Nuno Bento, CEO da Novabase, diz que o resultado alcançado fica acima daquelas que eram as expectativas da empresa.

João Nuno Bento explica que os resultados de 2018 estão positivamente impactados pela alteração do modelo de reconhecimento de receita associada à entrada em vigor da norma IFRS 15, mas que “mesmo excluindo esse efeito, os objetivos estabelecidos no guidance anual foram atingidos”.

O EBITDA (resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) atingiu 10,299 milhões de euros, 5,6% abaixo dos 10,915 milhões de euros registado no ano anterior. Já em termos operacionais, a Novabase fechou o ano passado com um volume de negócios de 148,7 milhões de euros, acima dos 139,7 milhões verificados em 2017.

Em comunicado, a empresa salienta que “o ano foi marcado por um segundo semestre em que se observou uma aceleração da atividade, e uma recuperação em termos de rentabilidade”. Mas mesmo assim, o CEO da Novabase revela que a equipa de gestão está a “concretizar uma reflexão estratégica profunda” sobre o futuro da empresa, que irá ser objeto de comunicação ao mercado.

Quase tudo para dividendos

Em resultado do balanço da sua atividade em 2018, a Novabase decidiu propor aos acionistas a manutenção do valor do dividendo nos 15 cêntimos por ação. Esse valor “corresponde a um montante equivalente a 99,4% do resultado líquido consolidado”, dá nota a empresa tecnológica em comunicado. Esse valor corresponde a uma yield em torno de 7%, acrescenta a empresa.

Contudo, a Novabase salienta que essa proposta de dividendo “está sujeita às condições de mercado” e à “existência de uma situação financeira e contabilística no balanço da Novabase que permita a sua execução”. A assembleia de acionistas onde será decidido o valor do dividendo a distribuir está marcada para 7 de maio.

(Notícia atualizada às 17h31 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Novabase lucra menos. Vai dar tudo em dividendos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião