Mais de um milhão de portugueses já declarou o IRS de 2019

Continua a bom ritmo a entregue de declarações de IRS relativas aos rendimentos de 2018. Em cinco dias foram submetidas 1.023.074 declarações.

Ao fim de cinco dias, já foram entregues mais de um milhão de declarações de IRS. Contas feitas, cerca de 20% dos portugueses já cumpriu a sua obrigação fiscal quando ainda faltam mais de dois meses para o final do prazo, a 30 de junho.

De acordo com dados fornecidos pelo Ministério das Finanças ao ECO, até às 19h00 desta sexta-feira foram submetidas 1.023.074 declarações de IRS. Deste total, diz a mesma fonte, “cerca de metade, 488.165 declarações, foram entregues através da funcionalidade IRS Automático”.

Os contribuintes têm três meses para cumprir com esta obrigação fiscal, mas o alargamento do IRS automático e a ideia de que a Autoridade Tributária poderá fazer o reembolso no prazo de 11 dias está a condicionar as opções dos portugueses.

O prazo para a entrega do IRS arrancou a 1 de abril, tendo ficado marcado por um elevado número de acessos, o que motivou falhas no acesso ao Portal das Finanças. Quebras de serviço que se repetiram esta quinta-feira, o dia em que surgiu a dúvida quanto à necessidade de os contribuintes declararem contas em bancos digitais como a Revolut e o N26. Já esta sexta-feira, a AT veio dizer que irá esclarecer nos próximos dias esta situação e pede aos contribuintes que aguardem antes de submeterem o IRS.

Certo é que se for obrigatório declarar estas contas, não será possível fazer uso da funcionalidade de IRS automático, que abrange este ano cerca de 3,2 milhões de agregados.

Comentários ({{ total }})

Mais de um milhão de portugueses já declarou o IRS de 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião