Passos e Portas na campanha lembram importante acordo para tirar direita do poder, diz Catarina Martins

  • Lusa
  • 22 Maio 2019

Catarina Martins considera que a participação dos antigos líderes do PSD e CDS devem recordar aos eleitores a importância da Geringonça e "como foi importante tirar a direita do poder" em 2015.

A coordenadora do BE agradeceu esta terça-feira a Passos Coelho e Paulo Portas por terem aparecido na campanha das europeias porque assim lembram o país da importância do acordo de 2015 para “tirar a direita do poder”, que acusou de “desfaçatez”.

No comício em Braga, Catarina Martins subiu ao púlpito e atirou logo à direita, cuja “desfaçatez” condenou por “aparecer agora nesta campanha eleitoral como se nada fosse, como se não tivesse feito nada, a pedir aos mesmo que empobreceu, que atacou, que insultou, que lhes confiem o seu voto”.

“Eu acho que hoje é um bom dia para balanços. O PSD, vejam lá, foi buscar para a campanha Pedro Passos Coelho que apareceu zangado para anunciar, aliás como sempre, desgraças”, disse, perante uma vaia na sala mal se ouviu o nome do ex-primeiro-ministro e antigo líder social-democrata.

Mas, a líder do BE não esqueceu o antigo parceiro de PSD na coligação: “Paulo Portas [antigo presidente do CDS-PP) emerge também esta noite, qual submarino, do seu mundo de negócios. Fez uma pausa da Mota Engil para aparecer na campanha do CDS”.

“Eu acho que nós só lhes podemos agradecer. É bom que Pedro Passos Coelho e Paulo Portas apareçam hoje na campanha. Lembram bem o país porque é que fizemos um acordo em 2015 e como foi importante tirar a direita do poder. Ninguém tem saudades de PSD e de CDS”, salientou.

Comentários ({{ total }})

Passos e Portas na campanha lembram importante acordo para tirar direita do poder, diz Catarina Martins

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião