Partido de Macron vai integrar liberais europeus

  • Lusa
  • 26 Maio 2019

O partido do presidente francês Emmanuel Macron vai juntar-se à família europeia ALDE, a Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa. Os resultados do partido serão assim atribuídos a esse grupo.

A Renascença (Renaissance En Marche), o nome pelo qual o partido do Presidente francês, Emmanuel Macron, fez campanha nestas eleições europeias vai unir-se aos liberais europeus, anunciou este domingo o Parlamento Europeu.

Philipp Schulmeister, responsável pelas projeções do Parlamento Europeu, esclareceu que a Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa (ALDE) solicitou que os resultados do partido do Presidente francês “sejam atribuídos a esse grupo”, assim como da força anticorrupção romena Aliança 2020 USR-PLUS.

“O ALDE pediu igualmente que o nome do grupo seja, a título provisório, ALDE/ Renaissance/ USR+”, acrescentou. Com o anúncio deste domingo termina o ‘suspense’ em torno do “Em Marcha!” de Emmanuel Macron, que concorreu às eleições europeias sob o nome de Renascença.

O Presidente francês ainda não tinha confirmado oficialmente a sua união aos liberais europeus, embora tudo apontasse para que o seu partido integrasse o ALDE.

Comentários ({{ total }})

Partido de Macron vai integrar liberais europeus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião