Grupo tailandês Minor vende três hotéis em Lisboa por 313 milhões de euros

  • Lusa
  • 27 Junho 2019

O grupo tailandês vendeu três unidades hoteleiras sob a marca Tivoli à Invesco Real Estate. Os hotéis serão depois alugados à NH, que os explorará a partir do final de julho.

O grupo tailandês Minor International vendeu por 313 milhões de euros os três hotéis que detinha em Lisboa à Invesco Real Estate que, posteriormente, serão alugados à NH, que os explorará a partir do final de julho, foi anunciado esta quinta-feira.

Segundo um comunicado da Comissão Nacional do Mercado de Valores espanhola (CNMV), divulgado esta quinta-feira, com esta operação, o grupo tailandês cumpre o compromisso feito na Oferta Pública de Aquisição (OPA), com a qual assumiu o controlo da NH, designadamente de explorar uma transação que permitisse à espanhola gerir os seus hotéis em Portugal e no Brasil.

Para materializar o compromisso, o Minor alcançou um acordo vinculativo para a venda dos três hotéis que detinha em Lisboa — Tivoli Avenida da Liberdade Lisboa, Tivoli Oriente Lisboa e Avani Avenida da Liberdade — a fundos geridos pelo Invesco Real Estate que, posteriormente, alugará à NH, que os explorará, previsivelmente a partir do final de julho, com um contrato de aluguer sustentado e com uma duração de 20 anos prorrogáveis, especifica o comunicado.

Segundo fonte da Invesco citada pela Efe, a compra dos três hotéis de Lisboa totalizou 313 milhões de euros e representou “a maior operação hoteleira da história em Portugal”. Depois da assinatura de três contratos e como estava previsto, a cadeia hoteleira espanhola NH vai explorar os 12 hotéis do grupo tailandês Minor International em Portugal e apoiar a gestão dos dois hotéis que possui no Brasil.

Segundo o comunicado, a integração na NH da operação do Minor em Portugal e no Brasil significará para o grupo espanhol uma contribuição para o lucro operacional bruto (EBITDA) de 13 milhões de euros.

Em paralelo, a NH acordou com o Minor um contrato de gestão para outros nove hotéis, operados com as marcas Tivoli e Anantara Hotels and Resorts em Portugal e localizados em Vilamoura, Carvoeiro, Sintra, Coimbra, Lagos e Portimão. Depois da operação, a carteira conjunta do Minor e da NH em Portugal totaliza 17 hotéis operacionais de quatro e cinco estrelas “que permitem liderar o setor no país como principal operador e consolidar uma ampla oferta posicionada no segmento de gama alta”, segundo a mesma fonte.

Por outro lado, para aproveitar a ampla presença que o NH Hotel Group tem na América Latina, a NH e o Minor assinaram um contrato de assessoria para a gestão dos hotéis de Minor International no Brasil, onde possui dois hotéis com 504 quartos.

“Com este acordo, estamos a completar com êxito e num tempo recorde um passo mais no nosso processo de integração com o Minor, que dará mais variedade e qualidade à nossa presença no sul da Europa e na América Latina e nos permitirá avançar mais rapidamente nos planos de crescimento e aproveitamento da complementaridade dos dois grupos”, referiu o presidente executivo (CEO) da NH, Ramón Aragonés.

O grupo tailandês Minor adquiriu o portefólio Tivoli (12 hotéis em Portugal e dois no Brasil), por 294,2 milhões de euros, operação realizada no âmbito de um Processo Especial de Revitalização (PER), na sequência do colapso do Grupo Espírito Santo (GES).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Grupo tailandês Minor vende três hotéis em Lisboa por 313 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião