Centeno será candidato nas legislativas ao lado de Costa. Carreira internacional só depois de 2021, diz Marques Mendes

Marques Mendes diz que Mário Centeno teve na cabeça a ideia de ir para comissário europeu, mas que agora o "cenário é outro". Centeno fica em Portugal até depois da presidência da Comissão Europeias.

Centeno fica? Não fica? Nos últimos tempos o futuro do ministro das Finanças tem sido alvo de grande especulação, isto porque havia a possibilidade de Centeno sair do país, nomeadamente rumo ao cargo de comissário europeu. Marques Mendes diz que isso chegou a passar pela cabeça do responsável pela finanças do país, mas que agora esse já não é o objetivo. Vai ficar. Vai a eleições, adiando a carreira internacional.

“Acho que Centeno teve a ideia de ir para comissário, mas o cenário agora é outro. Centeno está mais para ficar do que para sair. Quer continuar a ser ministro das Finanças, pelo menos até 2021, quando Portugal recebe a presidência da Comissão Europeia“, diz Marques Mendes no habitual espaço de comentário na SIC. Portugal irá receber a presidência rotativa da Comissão Europeia na primeira metade de 2021.

Mendes diz mesmo que Centeno “vai ser candidato” nas legislativas de 6 de outubro. E caso o PS ganhe as eleições, como apontam as sondagens, Centeno “vai manter-se como ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo”.

“Em 2021, terminada a presidência da Comissão Europeia, aí Centeno pode sair aí para uma carreira internacional. OCDE, FMI ou Banco Mundial” são as hipóteses apontadas pelo comentador da SIC.Não vai para o Banco de Portugal”, como chegou a ser aventado. “Elisa Ferreira é a candidata mais séria” para substituir Carlos Costa, nota.

Comentários ({{ total }})

Centeno será candidato nas legislativas ao lado de Costa. Carreira internacional só depois de 2021, diz Marques Mendes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião