Nos investe 182 milhões e vê lucros aumentarem 13% no primeiro semestre

A empresa registou um aumento nos lucros devido ao forte investimento que fez nas telecomunicações, que superou os 182 milhões de euros. No primeiro semestre, o número de clientes aumentou.

A Nos viu os lucros crescerem para mais de 90 milhões de euros no primeiro semestre, em parte devido ao aumento do número de clientes. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa ressalvou que o investimento feito neste período nas telecomunicações que ascendeu a mais de 182 milhões de euros.

Nos primeiros seis meses do ano, os lucros da Nos subiram 13% para 90,2 milhões de euros face ao mesmo período do ano passado, com o EBITDA a atingir os 331,9 milhões de euros. “Este resultado justifica-se, sobretudo pelo aumento do número de serviços, bem como por ganhos de eficiência”, refere a empresa.

As receitas aumentaram para 781,7 milhões de euros, em parte devido à subida do número de clientes. No primeiro semestre, a cobertura de rede fixa chegou a 4,525 milhões de casas, mais 350 mil do que no ano passado. “Os serviços de última geração chegam a cada vez mais portugueses, resultado do forte investimento que a Nos continua a realizar nas suas infraestruturas de rede”.

Nos reforça cobertura de rede fixa e móvel

No primeiro semestre, o investimento nas telecomunicações superou os 182 milhões de euros e centrou-se, sobretudo, na “expansão das redes de comunicação de nova geração fixa e móvel, criando condições para uma melhoria da qualidade do serviço prestado aos clientes”, refere a Nos, em comunicado.

A empresa viu o número de serviços disparar mais de 100 mil para 9,58 milhões, com os serviços móveis a totalizarem 4,769 milhões. Já o número de clientes de televisão por subscrição de acesso fixo atingiu os 1,330 milhões, sendo que o número total de clientes de televisão se situou nos 1,617 milhões de pessoas.

Já nos serviços empresariais, a Nos “tem conseguido conquistar clientes relevantes no segmento corporate, quer no setor público quer no setor privado”, o que levou a que o número de serviços empresariais atingisse os 1,515 milhões no final do primeiro semestre.

A contribuir também para um aumento das receitas esteve a divisão de Cinema e Audiovisuais, que viu as suas próprias receitas subirem 4,2% para os 54,9 milhões de euros. Na área de cinemas da Nos, o número de bilhetes vendidos aumentou mais de 3,2% face ao período homólogo, atingindo as 4,1 milhões de unidades vendidas.

Comentários ({{ total }})

Nos investe 182 milhões e vê lucros aumentarem 13% no primeiro semestre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião