Ações? Buffett prefere meter mais dinheiro no cofre

Warren Buffett tem, atualmente, 122 mil milhões de dólares em dinheiro, o valor mais elevado de sempre. Pela primeira vez desde 2017, está a vender ações.

Máximos atrás de máximos. Tem sido assim no mercado acionista, nos últimos meses, com os investidores animados pelo crescimento económico, mas também pelo dinheiro barato dos bancos centrais que procuram garantir que algum abrandamento é facilmente superado. Mas nem todos estão tão confiantes. E Warren Buffett, um guru dos mercados, mostra-se cauteloso, tanto que está a deixar cada vez mais dinheiro nos seus cofres.

Depois de anunciar que a sua empresa, a Berkshire Hathaway, responsável por todas as apostas do “Oráculo de Omaha”, como é conhecido nos mercados financeiros, aumentou os lucros do segundo trimestre para 14,1 mil milhões de dólares, revelou um número ainda mais surpreendente: tem, atualmente, 122 mil milhões de dólares em dinheiro, o valor mais elevado de sempre.

Buffett está a ganhar dinheiro com a escalada das ações no mercado de capitais, tendo visto o valor de todas as suas participações financeiras que incluem empresas desde a Coca-Cola até à Apple superar a fasquia dos 200 mil milhões de dólares. Ainda assim, pela primeira vez desde 2017, em termos líquidos, revelou que vendeu ações avaliadas em mais de mil milhões de dólares.

“Tenha medo quando os outros são gananciosos e seja ganancioso enquanto os outros estão com medo” é uma das frases que Buffett utiliza, sendo seguida por muitos investidores que veem no investidor norte-americano, um dos homens mais ricos do mundo, alguém a seguir.

Comentários ({{ total }})

Ações? Buffett prefere meter mais dinheiro no cofre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião