Wall Street cai mais de 1%. Investidores refugiam-se no ouro

Perante a ameaça de uma recessão, as bolsas norte-americanas voltaram a cair mais de 1%. Os investidores estão a refugiar-se no ouro, que valoriza mais de 1%.

As bolsas norte-americanas prolongaram as perdas da última semana e fecharam a sessão com quedas superiores a 1%. O fraco desempenho reflete os receios dos investidores, que temem a eventual iminência de uma recessão mundial, induzida pela guerra comercial entre EUA e China. Investidores esses que estão a apostar em ativos menos expostos às tensões, como é o caso do ouro.

Os três principais índices de Wall Street acompanharam a tendência das praças europeias, com o S&P 500 a registar uma queda de 1,24%, para 2.882,35 pontos. As quedas no Dow Jones foram superiores, levando o índice industrial a desvalorizar 1,50%, uma perda de quase 400 pontos, para 25.892,85 pontos. O tecnológico Nasdaq caiu 1,20%, para 7.863,74 pontos.

A sessão foi particularmente negativa para as ações da banca. O Goldman Sachs perdeu 2,63%, para 201,45 dólares por ação, ao mesmo tempo que o Bank of America recuou 2,44%, para 27,64 dólares por ação.

Os investidores estão sem dados que apontem para um alívio das tensões comerciais. Neste cenário, a pressão vendedora está instalada no mercado acionista, com os investidores a preferirem ativos de refúgio. É o caso do ouro, cujo preço da onça sobe 1,06%, para 1.512,46 dólares.

Comentários ({{ total }})

Wall Street cai mais de 1%. Investidores refugiam-se no ouro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião