Markel vende operação no Brasil a equipa de gestão

  • ECO Seguros
  • 7 Outubro 2019

Pouco tempo depois de iniciar a sua atividade no Brasil, a seguradora optou por vender o negócio à equipa de gestão liderada por Carlos Caputo. Passará designar-se NEWE Seguros.

A Markel International, seguradora com sede em Londres e que pertence ao grupo segurador e de investimento norte-americano Markel Corporation, anunciou a venda do seu negócio no Brasil à equipa de gestão que lidera atualmente a subsidiária naquele país.

Num comunicado divulgado no seu site a Markel International afirma que a venda surge depois de uma revisão estratégica e que, depois de obtidas as necessárias autorizações das entidades reguladoras, a companhia mudará o nome para NEWE Seguros.

À frente da nova seguradora ficarão Carlos Caputo, o atual CEO para a América Latina, Gabriel Boyer, vice-presidente, e Rodrigo Motroni, diretor técnico. São agora os únicos acionistas da empresa.

Citado no comunicado, Carlos Caputo acredita que o sector agrícola “continuará a ser o pilar mais importante do negócio e do crescimento do país e estamos empenhados em continuar a prestar um serviço de excelência aos nossos clientes e parceiros”.

No Brasil a Markel é especializada em seguros para o sector agrícola. Com mais de dois anos de atividade totalizou, em 2018, totalizou R$ 75 milhões (16,9 milhões de euros) em vendas e pagou R$ 45 milhões em indenizações. A meta para 2019 é chegar a uma faturação de R$ 125 milhões.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Markel vende operação no Brasil a equipa de gestão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião