Baixa médica? Agora já pode enviar por email para o trabalho

A partir deste mês, já é possível ter acesso à baixa médica em suporte digital, o que vai permitir enviar o documento emitido pelo médico de família por email para o seu local de trabalho.

A partir deste mês, os portugueses passam a ter acesso às suas baixas médicas em suporte digital, na área do cidadão do portal do sistema nacional de saúde (SNS). Tal permite que o envio para o empregador deste documento emitido pelo médico de família possa ser feito, num primeiro momento, por e-mail, devendo o original ser entregue no local de trabalho, numa ocasião posterior.

“Agora, já é possível o cidadão aceder à sua baixa médica em suporte digital, emitida pelo médico de família. No Registo de Saúde Eletrónico – Área do Cidadão do Portal SNS, pode consultar, guardar e enviar por e-mail, para o seu local de trabalho, a baixa ou Certificado de Incapacidade Temporária. Posteriormente, o documento original deverá ser entregue na entidade empregadora”, explica a nota divulgada, esta quarta-feira, pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.

De notar que a baixa médica é emitida em três vias, devendo uma delas ser entregue ao empregador, outra à Segurança Social e a terceira ficar com o utente. Por norma, está associado a esta baixa um subsídio de doença para compensar a perda de remuneração resultante do impedimento temporário para o trabalho.

Esta funcionalidade passa a permitir também que o utente consulte as baixas médicas prescritas. “Com mais de 2,2 milhões de utilizadores, a Área do Cidadão agiliza procedimentos e promove a literacia em Saúde. Até ao final do ano, disponibilizará novas funcionalidades”, acrescenta a mesma nota.

Além da baixa médica sem papel, já está disponível através do mesmo portal a consulta aos resultados dos exames médicos, guias de tratamento, boletim de vacinas e a marcação de consultas.

Comentários ({{ total }})

Baixa médica? Agora já pode enviar por email para o trabalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião