Diretas no PSD em janeiro. Comissão política pede a Rui Rio que se recandidate

A Comissão Política Nacional do Partido Social Democrata marcou o conselho nacional para o final do mês, início de novembro. Rui Rio mantém o silêncio sobre se se recandidata à liderança.

O PSD vai realizar o Conselho Nacional no final deste mês, início do próximo, mas já se sabe que as diretas deverão acontecer em janeiro do próximo ano. A Comissão Política Nacional apoia, de forma “praticamente unânime” a recandidatura de Rui Rio à liderança do partido depois de perder das legislativas, mas o presidente do PSD mantém o tabu.

José Silvano, secretário-geral do PSD, anunciou que nos últimos dias de outubro ou primeira semana de novembro (dependendo do feriado), vai realizar-se o Conselho Nacional do PSD. “Nesse Conselho Nacional, vamos marcar a data das eleições diretas e do congresso“, explicou. As eleições vão decorrer em “meados de janeiro” e o congresso em fevereiro.

Depois das eleições legislativas, os críticos de Rui Rio dentro do partido começaram publicamente a defender a saída do presidente dos sociais democratas. Mas José Silvano garante que o núcleo da comissão política apoia Rio. Foi “praticamente unânime o incentivo a que o atual presidente do partido se recandidatasse”, explicou o secretário-geral.

Acrescentou, no entanto, que Rio ainda não anunciou se irá avançar. “Se o decidiu, não o partilhou com ninguém”, sublinhou José Silvano. O que Rio já disse é que considera que o resultado conseguido pelos social-democratas nestas eleições legislativas não foi “desastre nenhum”.

Mas dentro do partido há quem cultive opiniões bem diferentes e até já defenda a substituição da liderança do partido. Depois de ter “desafiado” Rio em janeiro, Luís Montenegro voltou à carga e já anunciou que será candidato à liderança dos laranjas nas próximas diretas. Além de Montenegro, também devem entrar na corrida Miguel Pinto Luz e, potencialmente, Miguel Morgado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Diretas no PSD em janeiro. Comissão política pede a Rui Rio que se recandidate

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião