Revista de imprensa internacional

  • ECO
  • 21 Outubro 2019

No dia em que Boris Johnson vai tentar votar o Brexit a 31 de outubro, o responsável do FMI alerta para um "longo período de fraco crescimento" para a Europa.

A semana arranca com o Brexit a continuar a encher as capas dos jornais de todo o mundo, num dia em que Boris Johnson vai tentar novamente que seja votada a saída da União Europeia a 31 de outubro. E por falar em Brexit, um dos responsáveis do FMI alerta que este “divórcio” poderá prejudicar o crescimento económico da Europa. Ainda em território britânico, a polícia vai ter uma unidade especial de combate a drones ilegais. No mundo tecnológico, o Facebook poderá criar não uma, mas várias moedas virtuais, enquanto um miúdo de oito anos brilha na Internet ao ser considerado a maior estrela do YouTube.

Bloomberg

Boris Johnson tenta nova votação para Brexit a 31 de outubro

O primeiro-ministro britânico vai fazer esta segunda-feira uma nova tentativa de cumprir a promessa de tirar o Reino Unido da União Europeia a 31 de outubro, numa altura em que há mais esperanças que este obtenha apoio para fechar um acordo com o Parlamento. Esta segunda-feira, Boris Johnson vai tentar novamente levar a votação na Câmara dos Comuns um Brexit no final deste mês, mesmo depois de ter pedido a Bruxelas um adiamento, segundo ele, contrariado.

Leia a notícia completa na Bloomberg (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

El País

Responsável do FMI alerta para “longo período de fraco crescimento” para a Europa

O diretor do departamento europeu do FMI antecipa que a Europa deverá recuperar de forma modesta em 2020, contudo, pontos como o Brexit e as tensões comerciais representam riscos que podem afetar o crescimento económico. Poul Thomsen, embora não preveja um risco de recessão a curto prazo, diz-se preocupado com o crescimento económico. “A Europa enfrenta um longo período de fraco crescimento”, disse, referindo que são necessárias reformas estruturais que combatam a fraca produtividade e o envelhecimento da população.

Leia a notícia completa no El País (acesso livre, conteúdo em espanhol)

Sky News

Polícia britânica vai ter unidade especial de combate a drones ilegais

A polícia britânica vai criar uma unidade especial de combate a drones, especializada em travar voos ilegais como os que têm causado problemas nos aeroportos em Londres. Em dezembro, mais de 1.000 voos foram cancelados em Gatwick devido a uma série de avistamentos que prejudicaram 140 mil passageiros. Na mira das autoridades vão estar também os drones que, alegadamente, têm sido usados para contrabandear droga, armas, telemóveis e outros artigos para o interior de prisões.
Leia a notícia completa na Sky News (acesso livre, conteúdo em inglês)

Reuters

Libra do Facebook pode não ser uma moeda… mas sim várias moedas
Não é segredo que o Facebook está a criar uma nova moeda virtual chamada Libra e que a pretende lançar ao público na primeira metade do próximo ano. Também não é segredo que a empresa tem enfrentado sérias barreiras ao projeto, como foi o caso da “fuga” de dois dos principais parceiros, Visa e MasterCard. Agora, surgem os primeiros sinais de que a empresa poderá estar a recuar na ambição: o líder da equipa, David Marcus, admitiu que a Libra pode não vir a ser uma única moeda, como estava planeado, mas sim várias moedas virtuais estáveis indexadas às várias divisas. Ou seja, uma Libra para o euro, outra para o dólar, outra para a libra… e por aí em diante.
Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês)

Business Insider

A maior estrela do YouTube tem oito anos e faturou 22 milhões num ano

Ryan Kaji tem oito anos e já é considerado a maior estrela do YouTube. Entre junho de 2017 e junho de 2018, faturou 22 milhões de dólares (19,7 milhões de euros) fazendo reviews — testes — de brinquedos, o dobro do que tinha registado no ano anterior, concluiu a Forbes. Desde review de escovas de dentes a um programa de televisão, que arrancaram em 2015, a marca Ryan ToysReview, da Ryan’s World, é hoje um império lucrativo, e conta com 22 milhões de utilizadores em todo o mundo.

Leia a notícia completa no Business Insider (acesso livre, conteúdo em inglês)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião