Boeing descola em bolsa. Wall Street avança, mesmo com maus resultados

Os principais índices bolsistas dos EUA estão em alta ligeira, numa sessão marcada pela apresentação de resultados empresariais fracos. A Boeing destaca-se nas subidas.

As ações norte-americanas iniciaram a sessão em terreno misto, mas já estão a ganhar tração impulsionadas pela Boeing, que está a compensar os resultados fracos apresentados por outras cotadas de Wall Street.

O Dow Jones iniciou a sessão a avançar 0,18%, para os 26.835,24 pontos, enquanto o S&P 500 começou o dia a perder 0,07%, para os 2.994,01 pontos, tendo entretanto invertido para terreno positivo. O Nasdaq, que também iniciou a sessão no vermelho a perder 0,17% para os 8.090,24 pontos, já está no verde.

O arranque da negociação está a ser marcado pela divulgação de resultados empresariais fracos, nomeadamente da Caterpillar e da Texas Instruments, e que fizeram emergir os receios dos investidores face ao impacto da guerra comercial no crescimento da economia dos EUA.

As ações da Texas Instruments derrapam 7%, depois de a empresa reviu em baixa as suas estimativas de receitas para o atual trimestre. Já os títulos da Caterpillar recuam 2,5%, penalizadas também a sua previsão para os lucros do ano, justificando-o com a fraca procura chinesa.

A compensar esse desempenho negativo estão os títulos da Boeing. As ações da fabricante norte-americana de aviões descolam 3,6%, isto depois de a empresa não ter reportado novas acusações relacionadas com os aviões 737 Max.

Os investidores mostram-se ainda expectantes face aos resultados de empresas do setor tecnológico que serão divulgados. Entre elas está a Microsoft que divulga as suas contas trimestrais após o fecho de Wall street.

Comentários ({{ total }})

Boeing descola em bolsa. Wall Street avança, mesmo com maus resultados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião