Campanha da Josefinas contra a violência doméstica vence prémio internacional

Josefinas vence prémio internacional através de campanha contra a violência doméstica. A empresa lançou linha de t-shirts solidárias que contam a história de mulheres vítimas de violência doméstica.

Todos os anos, a nível mundial, uma em cada três mulheres, vítimas de violência doméstica, são assassinadas pelos parceiros e 603 milhões de mulheres vivem em países onde a violência doméstica não é considerada crime, segundo dados das Nações Unidas. Sensibilizada com esta causa a CEO da Josefinas, Maria Cunha, não ficou indiferente e criou uma linha de t-shirts solidárias “YouCanLeave” que contam a história de mulheres vítimas de violência doméstica.

A campanha “Excuses”, criada pela agência Coming Soon Lisboa para a Josefinas, venceu o prémio internacional pela campanha contra a violência doméstica, uma distinção nos ADCEAwards 2019. “Na Josefinas estamos todas empenhadas em trazer a violência doméstica para a discussão pública. Além de criarmos produtos solidários para a causa é um orgulho materializar esta mensagem com o apoio da ComingSoon”, refere a CEO da Josefinas, Maria Cunha.

As t-shirts estão à venda na loja The Feeting Room, em Lisboa, e na loja online da Josefinas. Parte das receitas das vendas reverte para causas contra a violência doméstica – por cada t-shirt vendida, uma mulher é apoiada durante um mês através da Casas de Abrigo da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).

 

A ilustração das t-shirts pertence à artista britânica Jacqueline Bissett, reconhecida pelas suas criações gráficas para casas de alta-costura como Yves Saint Laurent, Louis Vuitton e Givenchy. Nas peças leem-se as frases “I walked into something”, “I ran into a door”, “I fell down the stairs”. Um dos objetivos é sensibilizar a população para um crime que é, muitas vezes, silencioso.

Josefinas vai lançar nova campanha contra a violência doméstica

Dia 25 de novembro comemora-se o dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres e a Josefinas já tem uma nova campanha em mente. A CEO da Josefinas revelou ao ECO que dia será lançado um novo par de bailarinas, que tal como as t-shirts parte do valor reverte para a APAV.

Para a campanha ter mais impacto, Maria Cunha acrescenta que a marca Josefina “vai durante 24 horas mudar o nome, ou seja, o logo, para nomes aleatórios de possíveis mulheres vitimas de violência doméstica”. “Queremos chamar à atenção que qualquer uma de nós pode ser vítima de violência doméstica”, conclui Maria Cunha.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Campanha da Josefinas contra a violência doméstica vence prémio internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião