Três milhões recensearam-se no Reino Unido antes da data limite

  • Lusa
  • 26 Novembro 2019

Estima-se que nove milhões de pessoas ainda não se registaram nos cadernos eleitorais para poder votar nas legislativas no Reino Unido, em dezembro.

Cerca de três milhões de pessoas recensearam-se nas últimas semanas para poderem votar nas eleições legislativas britânicas de 12 de dezembro, mas estima-se que nove milhões continuem por registar-se nos cadernos eleitorais, que fecham esta terça-feira ao final do dia.

De acordo com a Electoral Reform Society, uma organização que faz campanha por uma reforma do sistema político, desde que as eleições foram convocadas, no final de outubro, o número de registos disparou, tendo sido contabilizadas 3,2 milhões de novas inscrições ou alterações.

Cerca de um 1,2 milhões corresponde a menores de 25 anos, e muitos registaram-se na última semana, graças a uma mobilização que incluiu apelos dos músicos Stormzy e KSI e dos atores Matthew Lewis e Emilia Clarke através das redes sociais.

Porém, a organização estima que nove milhões de pessoas ainda não estão em condições de votar, nomeadamente jovens, minorias étnicas e pessoas com rendimentos baixos. O Reino Unido tem recenseados cerca de 46 milhões de eleitores, sendo possível até às 23:59 horas de hoje fazer o recenseamento ou alterar os dados nos cadernos eleitorais, como a morada.

O resultado das eleições legislativas britânicas mantém-se incerto, tendo duas sondagens divulgadas esta semana indicado que o partido Trabalhista conseguiu reduzir a diferença para o Partido Conservador, no poder, apesar de este continuar à frente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Três milhões recensearam-se no Reino Unido antes da data limite

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião