Hoje nas notícias: Bónus para filhos, benefícios fiscais e BES

  • ECO
  • 19 Dezembro 2019

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

A conclusão do inquérito ao caso Espírito Santo voltou a derrapar, passando para o primeiro semestre do próximo ano. Um conjunto de 16 benefícios fiscais que iam terminar neste ano vão ser prolongados até ao próximo ano. São cerca de 135 mil as famílias que podem beneficiar do bónus no IRS para os filhos, que é aplicável a partir do segundo filho. Veja estas e outras notícias que marcam as manchetes nacionais.

Investigação ao caso BES adiada para o primeiro semestre de 2020

A conclusão do inquérito ao caso Espírito Santo foi novamente adiada. Depois de terem planeado apresentá-la no final deste ano ou no início do próximo, os procuradores esperam agora concluir a investigação durante o primeiro semestre do próximo ano. Ou seja, a equipa titular do processo não vai proferir qualquer despacho, de acusação ou arquivamento, dentro do tempo previsto. Não é a primeira vez que os prazos da investigação dos crimes que precederam a resolução do BES.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Benefícios fiscais prestes a caducar mantêm-se em 2020

Cerca de 16 benefícios fiscais que, em conjunto, custam mais de 150 milhões de euros e que iriam caducar este ano vão continuar em vigor. Este conjunto inclui onze benefícios analisados por uma equipa técnica das Finanças, como a isenção de IRS nos juros das contas poupança para reformados até 10.500 euros. Os restantes cinco que foram prorrogados incluem medidas de apoio ao transporte rodoviário de passageiros e mercadorias, em IRS e IRC, despesas com a partilha de carros e bicicletas e com frotas de velocípedes.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Bónus no IRS para filhos pode chegar a 135 mil famílias

A majoração da dedução no IRS para crianças até aos três anos, aplicável a partir do segundo filho, poderá abranger cerca de 135 mil famílias, de acordo com uma estimativa do Ministério das Finanças. O número de famílias com mais de dois filhos com menos de três anos é superior, mas nem todos os contribuintes vão tirar partido desta medida apresentada na proposta de Orçamento do Estado para 2020. Quem tem rendimentos mais baixos, por exemplo, não entra nas contas já que não paga IRS.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Segurança Social quer pagar apoios em cartão

O Governo quer avançar com um novo meio de pagamento das prestações sociais no próximo ano, de acordo com uma medida que consta no Orçamento do Estado para 2020. Com o objetivo de simplificar o pagamento, a medida passa por introduzir cartões pré-pagos para os beneficiários deste tipo de apoios da Segurança Social. A adesão terá um caráter voluntário.

Leia a notícia completa no Correio da Manhã (ligação indisponível).

Empresário suspeito de usar Boavista para lavagem de dinheiro

Há suspeitas de que um empresário aproveitou o clube desportivo Boavista para lavagem de dinheiro. O presidente do clube, António Murta, foi constituído arguido no inquérito, mas garantiu que a questão central da investigação foca-se numa empresa que no passado teve relações comerciais com o Boavista.

Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (ligação indisponível).

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Bónus para filhos, benefícios fiscais e BES

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião