Tempestade ‘Elsa’: Liberty abre linha de apoio a clientes e agentes

  • ECO Seguros
  • 19 Dezembro 2019

No quadro de agravamento das condições atmosféricas, em consequência da depressão ‘Elsa’, a Liberty disponibilizou a clientes e agentes uma linha telefónica exclusiva de apoio.

Devido ao temporal que, ao longo dos próximos dias, afetará vários distritos de Portugal, a Liberty operacionalizou um protocolo para intensificar o apoio aos seus segurados, disponibilizando uma linha exclusiva de atendimento aos clientes e parceiros de negócio para comunicação de ocorrências.

Em caso de incidentes no contexto do temporal causado pela depressão ‘Elsa’, os Clientes e Parceiros de Negócio podem contactar a Liberty Seguros pelo número de telefone 808 500 110 ou por correio eletrónico através do e-mail sinistros.tempestades@libertyseguros.pt.

A disponibilização destes meios de contacto visa facilitar (a clientes e agentes de seguros) a comunicação de ocorrências, de forma a assegurar uma intervenção mais rápida e eficiente, permitindo aos clientes regressarem à normalidade o mais depressa possível, explica a Liberty num comunicado.

Através dos canais disponíveis (telefone e email), os clientes da seguradora “poderão receber qualquer esclarecimento no âmbito das perdas ou estragos de bens, bem como obter mais informação sobre o apoio que está a ser prestado pela Liberty no terreno” reforça a mesma fonte.

A entidade recorda ainda o aviso do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, informando que até à manhã do dia 21 de dezembro prevê-se um aumento da intensidade do vento em todo o continente, com rajadas até 95 km/h no litoral das regiões Norte e Centro e até 120 km/h nas terras altas, um aumento da altura significativa das ondas junto à costa, com ondas predominantemente de oeste com 4 a 7 metros, e precipitação persistente e por vezes forte.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Porto, Aveiro, Viseu Coimbra, Guarda e Castelo Branco são os que estão sob alerta vermelho, pois poderão ser mais afetados pelas más condições atmosféricas no âmbito da depressão Elsa.

Como medidas de prevenção para evitar possíveis danos, a Liberty recomenda que os clientes não utilizem o automóvel ou tenham a máxima precaução ao volante e fechem corretamente as portas e janelas das suas casas.

Num comunicado disponibilizado ao meio da tarde desta quinta-feira no portal do Governo, o Ministério da Agricultura afirma que está a acompanhar a evolução da depressão ‘Elsa’ e os efeitos da mesma no território nacional.

Nesse sentido, “os técnicos das Direções Regionais de Agricultura e Pescas (DRAP) estão prontos a intervir na avaliação da situação e no levantamento dos prejuízos, por forma a garantir a ativação dos mecanismos de apoio aos agricultores caso se demonstre necessário”, informou o Executivo.

Fundado em 1912, o Liberty Mutual Insurance Group (LMIG), com sede em Boston (EUA), é constituído por um conjunto de companhias internacionais de serviços financeiros diversificados e é um dos maiores grupos seguradores mundiais. O grupo emprega atualmente mais de 50 mil colaboradores distribuídos por 800 escritórios em 30 países.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Tempestade ‘Elsa’: Liberty abre linha de apoio a clientes e agentes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião