Governo gasta 119 milhões de euros em estudos e pareceres

  • ECO
  • 7 Janeiro 2020

Há cinco ministérios que vão receber mais de metade das verbas orçamentadas para este ano para estudos, pareceres, projetos e consultadoria de escritórios de advogados e outros especialistas.

O Governo estima gastos superiores a 119 milhões de euros em 2020 com estudos, pareceres, projetos e consultadoria de escritórios de advogados e outros especialistas, no Orçamento do Estado para o próximo ano. Este valor compara com os 97,5 milhões de euros orçamentados para 2019, traduzindo-se num aumento da despesa em 22%, acima da taxa de inflação prevista.

cinco ministérios cujas verbas nesta rubrica se destacam, entre os 12 e os 16 milhões de euros, de acordo com os mapas informativos dos Serviços Integrados e dos Serviços e Fundos Autónomos, escreve o Correio da Manhã (acesso pago). São eles Saúde, Ambiente e Ação Climática, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Finanças e Infraestruturas e Habitação.

Estes cinco ministérios levam uma fatia de 58% do bolo de 119 milhões de euros, maior do que o do ano passado em 21,5 milhões de euros. O crescimento da despesa deve-se ao maior número de ministérios, mas também ao reforço das verbas para os ministérios da Saúde e da Ciência, Tecnologia e Ensino superior, em cerca de um milhão de euros, face ao ano anterior.

É nos Serviços e Fundos Autónomos, que integram os organismos dependentes dos ministérios, que se concentra o valor mais elevado de despesa, de 95,9 milhões de euros. Para os Serviços Integrados, que incluem os gabinetes dos membros do Executivo, serão alocados os restantes 23,1 milhões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo gasta 119 milhões de euros em estudos e pareceres

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião