Arrendar casa em Lisboa é mais difícil que em Barcelona ou Berlim

  • ECO
  • 10 Fevereiro 2020

A taxa de esforço de um casal português que arrende um T2 em Lisboa chega aos 58%, quase o dobro da referência de 30%. Em Barcelona é de 45% e 40% em Berlim.

Se o preço das casas está a subir, o do arrendamento também. E em Lisboa, os valores praticados pelos proprietários são bastante elevados à luz dos rendimentos das famílias. A situação na capital portuguesa acaba mesmo por ser mais grave do que em Barcelona ou Berlim, diz o Público (acesso condicionado).

A análise realizada pelo grupo de investigação Morfologia e Dinâmicas do Território do Centro de Estudos de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP) teve por base um casal com um dependente, para um apartamento T2 de 95 metros quadrados. Foi depois feito o cruzamento entre os rendimentos e o valor das rendas.

Segundo dados citados pelo Público, um T2 em Lisboa apresenta uma renda de 916 euros, contra 1.170 em Barcelona e 1.491 euros em Berlim. Os rendimentos mensais da família lisboeta ficam-se pelos 1.563 euros, contra 2.614 de um catalão e os 3.727 euros de um berlinense.

Considerando estes valores, a conclusão é de que a taxa de esforço do casal português chega aos 58%, quase o dobro da referência de 30%. Em Barcelona é de 45% e 40% em Berlim.

Comentários ({{ total }})

Arrendar casa em Lisboa é mais difícil que em Barcelona ou Berlim

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião