Marques Mendes: “Centeno vai mesmo sair. E já se despediu no Eurogrupo”

No habitual comentário de domingo, Marques Mendes falou do congresso do PSD, do IVA da eletricidade e de Mário Centeno que já se despediu dos outros ministros do Eurogrupo.

“Centeno vai mesmo sair do Governo. Vai para o Banco de Portugal — mais tarde, este ano — e até já se despediu do Eurogrupo: comunicou de forma informal aos seus colegas de que já não seria opção“, disse este domingo Marques Mendes, no seu habitual comentário de domingo, na SIC.

O comentador político disse esta noite que é já evidente que o ministro das Finanças Mário Centeno irá para o Banco de Portugal este ano e que, além de já ter dado sinais no Parlamento, já avisou os outros ministros do Eurogrupo de que irá sair.

Além de Mário Centeno, Marques Mendes falou ainda da questão do IVA da eletricidade, assegurando que, do seu ponto de vista, nem PSD nem BE ficaram bem vistos depois da discussão. “Acho que o PSD não saiu muito bem. Há os que venceram e os vencidos. E o PSD deu uma imagem de desnorte, do dito por não dito, de cambalhotas. Tal como o Bloco de Esquerda que, apesar de poder ser incoerente, acabou muito isolado na estratégia. Estão aqui os dois vencidos”, sublinhou o comentador político, na sua conversa com Clara de Sousa.

Sobre a votação do Orçamento do Estado, o comentador disse que a vitória de António Costa pode ser “o início do pântano. “Um Governo minoritário, a ameaçar permanentemente com uma crise política, daqui a um tempo ninguém o leva a sério. Ou António Costa faz uma nova Geringonça ou vai ter problemas terríveis no próximo Orçamento para 2021 e, críticos, no Orçamento para 2022. O Governo pode cair. Costa só tem uma solução: tentar encontrar uma Geringonça“, sublinhou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marques Mendes: “Centeno vai mesmo sair. E já se despediu no Eurogrupo”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião