Se fosse pelas receitas, o Óscar de melhor filme iria para… Joker

A cerimónia de entrega dos Óscares decorre este domingo pelas 1h00 (hora portuguesa). Entre os nove nomeados para melhor filme estão "Joker", "Once Upon a Time… in Hollywood" e "Irishman".

Prepare as pipocas, a manta e a televisão. Aquela que é considerada a cerimónia mais importante do mundo do cinema acontece este domingo. Na 92.ª edição dos Óscares e, pelo segundo ano consecutivo sem apresentador, há nove nomeados na corrida para a atribuição de “melhor filme“. O ECO foi fazer as contas e, se o critério para escolher o vencedor fosse o das receitas arrecadadas, “Joker” levava o troféu para casa.

Com 11 nomeações, “Joker” é considerado um dos candidatos preferidos para a categoria de “melhor filme”. O filme protagonizado por Joaquin Phoenix ultrapassou a fasquia dos mil milhões de bilhetes vendidos. Segundo a Box Office Mojo, uma plataforma norte-americana que retrata a evolução das receitas de bilheteira, estima-se que o filme produzido por Tood Phillips tenha atingido os 1.071.869.171 dólares em receitas.

A medalha de prata seria para “Once Upon a Time… in Hollywood”. Com um orçamento avaliado em 90 milhões de euros, a produção do famoso realizador Quentin Tarantino deverá ter arrecado 373.967.035 dólares em bilheteira. Ao mesmo tempo, “1917”, que conta a história de dois soldados britânicos que precisam de atravessar o território inimigo para entregar uma mensagem que pode salvar os seus companheiros, ocuparia o terceiro lugar no pódio, com as receitas a chegarem aos 253.119.104 dólares, segundo as estimativas da Box Office Mojo.

Estimativas das receitas relativas aos filmes nomeados para os Óscares. Fonte: Box Office Mojo

Com um orçamento ligeiramente inferior, “Ford v Ferrari ficaria em quarto lugar com 222.197.462 dólares arrecadados. Seguem-se “Little Women” e “Parasite”, que competem taco a taco, com cerca de 164 e 163 milhões de dólares angariados, respetivamente.

Na sétima posição fica “Jojo Rabbit”, dirigido por Taika Waititi, com cerca de 65 milhões de dólares em receitas. Seguem-se “Irishman” e “Marriage Story”, cuja contabilização de receita é mais difícil, uma vez que a produção é da responsabilidade da Netflix e, por isso, não a maioria das visualizações é feita pelo canal de streaming com a agravante de que poucos são os cinemas que exibem o filme.

A cerimónia de atribuição, organizada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, decorre este domingo a partir da 1h00 (hora portuguesa), sendo que em Portugal será transmitida pela FOX. Antes disso, haverá a habitual Red Carpet.

Comentários ({{ total }})

Se fosse pelas receitas, o Óscar de melhor filme iria para… Joker

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião