Noite de Óscares. Green Book vence a estatueta dourada

  • Lusa e ECO
  • 25 Fevereiro 2019

Na 91.ª edição dos prémios da Academia das Artes e Ciências Cinematográficas, a estatueta dourada de melhor filme foi entregue a "Green Book - Um guia para a vida".

Naquela que já é a 91.ª edição dos prémios da Academia das Artes e Ciências Cinematográficas, a estatueta dourada de melhor filme foi entregue a “Green Book – Um guia para a vida”. A concorrer para a mesma categoria estavam, também, “Black Panther”, “BlacKkKlansman – O infiltrado”, “Bohemian Rhapsody”, “A favorita”, “Roma”, “Assim nasce uma estrela” e “Vice”.

o ator Mahershala Ali recebeu o Óscar de melhor ator secundário, pelo desempenho neste mesmo filme. Este foi o segundo Óscar recebido pelo ator, depois do prémio que há dois anos distinguiu o seu trabalho no filme “Moonlight”. Regina King, por sua vez, foi eleita a melhor atriz secundária, pelo desempenho no filme “Se esta rua falasse”.

Para receber o Óscar de melhor ator, Rami Malek subiu ao palco, graças ao filme “Bohemian Rhapsody”. Já a premiada como melhor atriz foi Olivia Coleman, pelo seu desempenho no filme “A Favorita”.

O cineasta mexicano Alfonso Cuarón venceu o Óscar de melhor realizador, pelo filme “Roma”, que já vencera o Leão de Ouro do festival de Veneza, em setembro do ano passado. “Roma” é o primeiro filme produzido pela Netflix nomeado para os principais Óscares.

Além deste, o filme da Netflix recebeu o Óscar de melhor fotografia e de melhor filme estrangeiro. “Free Solo” foi distinguido como melhor documentário, “Homem-Aranha: No Universo Aranha” levou para casa o prémio de melhor filme de animação e “Bao” foi eleita a melhor curta-metragem de animação.

“Black Panther”, por sua vez, venceu a categoria de melhor cenografia e melhor guarda-roupa, “Bohemian Rhapsody” foi premiado pela montagem, montagem de som e mistura de som, “Vice” venceu o Óscar de melhor caracterização e, finalmente, “O primeiro homem na Lua” foi distinguido pelos efeitos visuais.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Noite de Óscares. Green Book vence a estatueta dourada

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião