Alemanha prepara pacote de estímulos de 356 mil milhões para mitigar impacto do coronavírus

Perante a pandemia de coronavírus, a Alemanha prepara-se para lançar um pacote de estímulos para a economia, cujo valor total equivale a cerca de 10% do seu PIB.

A Alemanha, que é já o quarto país com mais casos de Covid-19 do mundo, está a preparar um pacote de estímulos para a economia que totaliza os 356 mil milhões de euros. O plano para fazer face à pandemia do novo coronavírus, que vai exigir uma nova emissão de dívida, deverá ser aprovado nesta segunda-feira.

Os detalhes finais das medidas estão a ser discutidos pelos ministros neste fim de semana, e o gabinete de Angela Merkel vai reunir nesta segunda-feira para aprovar o plano, cujo valor é equivalente a quase 10% do PIB da Alemanha, adianta o Financial Times (acesso condicionado, conteúdo em inglês).

O pacote de estímulos vai incluir um orçamento governamental suplementar de 156 mil milhões de euros, 100 mil milhões de euros para um fundo de estabilidade económica que pode assumir participações diretas em empresas e 100 mil milhões de euros em crédito ao banco público de desenvolvimento KfW, para empréstimos a empresas em dificuldades.

Merkel tinha já prometido fazer “o que for preciso” para combater o impacto económico do surto do novo coronavírus, e o Governo anunciou um programa de créditos para evitar problemas de liquidez no tecido empresarial, que estarão garantidos com mais de meio bilião de euros e serão articulados através do um banco público.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Alemanha prepara pacote de estímulos de 356 mil milhões para mitigar impacto do coronavírus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião