Empresas estão a pedir 150 euros às farmácias por máscaras

  • ECO
  • 7 Abril 2020

Fornecedores não têm máscaras para vender e existem empresas a propor às farmácias a compra de caixas de 50 máscaras por 150 euros.

Antes do surto do Covid-19, uma caixa de máscaras custava às farmácias aproximadamente cinco euros e ao público sete euros. Atualmente, face à escassez deste tipo de equipamento médico, os fornecedores habituais não têm máscaras para vender às farmácias e existem várias empresas, muitas nem são do ramo farmacêutico, a propor a compra de caixas de 50 máscaras por 150 euros, avança o Diário de Notícias.

“Caixas de 25 máscaras a 150 euros cada, 6 euros a unidade”, “mínimo de encomenda 100 caixas” ou “caixas de 50 ou de 500 a 5 euros cada unidade”, estas são algumas propostas que chegam às farmácias portuguesas.

“Os fornecedores normais não têm material para vender às farmácias, que estão a ser confrontadas com propostas enviadas por empresas de ocasião e com preços muito superiores ao normal”, explica a Associação Nacional das Farmácias, que escreveu uma carta ao primeiro-ministro, com conhecimento para várias entidades, nomeadamente para o Presidente da República, apelando para que coloquem um ponto final à especulação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Empresas estão a pedir 150 euros às farmácias por máscaras

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião