Centenas de famílias recorrem à Deco para saber onde cortar nas despesas

  • ECO
  • 13 Abril 2020

Os portugueses recorrem à Deco para perceber onde podem cortar nas despesas. O crédito à habitação, a água, a luz e o gás são as últimas faturas que as famílias querem deixar de pagar.

Se antes as dúvidas chegavam dos trabalhadores independentes, com a declaração do estado de emergência os pedidos de ajuda feitos à Deco vêm de todo o tipo de famílias que não sabe como cortar as despesas. De acordo com o Diário de Notícias, uma parte desses apelos vem no sentido de renegociar os créditos bancários, sendo que a prestação da casa é a última coisas que as famílias querem deixar de pagar.

Os primeiros sinais da crise foram sentidos nas famílias mais precárias, nomeadamente trabalhadores a recibos verdes e que tiveram uma queda de rendimentos. Natália Nunes, coordenadora do Gabinete de Proteção Financeira da Deco, detalha que já foram recebidas “algumas dezenas de pedidos de ajuda para intervir junto dos bancos para renegociar os créditos”.

A maior parte dos telefonemas tem a ver com dúvidas nas moratórias previstas no crédito à habitação e nas rendas. Mas, explica a coordenadora da Deco, as famílias fazem ginástica com o orçamento e o crédito à habitação, a água, a luz e o gás são as últimas faturas que estas querem deixar por pagar. “Uma boa opção é fazer um orçamento familiar (…) e perceber onde pode reduzir, como renegociar pacotes de telecomunicações”, aconselha Natália Nunes.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Centenas de famílias recorrem à Deco para saber onde cortar nas despesas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião