BRANDS' ECOSEGUROS Zurich Portugal e “Z Zurich Foundation” doam mais de 400 mil euros à Cruz Vermelha Portuguesa

  • BRANDS' ECOSEGUROS
  • 21 Abril 2020

O investimento reforça a realização de testes de diagnóstico da Covid-19, através da criação de um centro regional de triagem a norte e da aquisição de uma unidade de campanha hospitalar em Setúbal.

A Zurich Portugal e a “Z Zurich Foundation”, instituição de beneficência do Grupo Zurich, doaram mais de 400 mil euros à Cruz Vermelha Portuguesa, contribuindo assim para o aumento da realização de testes de diagnóstico da Covid-19 e para uma resposta mais célere à crise de saúde pública que vivemos.

Dirigido à Cruz Vermelha Portuguesa e à sua delegação de Setúbal, o investimento concretiza-se na criação e gestão de um centro regional de triagem a norte e na aquisição de uma unidade de campanha hospitalar para Setúbal.

Para ampliar a capacidade de realização de testes de diagnóstico da Covid-19, a Cruz Vermelha Portuguesa pretende capacitar cinco regiões operacionais no país com a criação de cinco centros de triagem, um por cada uma destas regiões. A funcionar numa unidade de campanha hospitalar, os centros regionais vão ter capacidade para realizar os testes de diagnóstico da Covid-19 a cerca de 45.000 pessoas, ou seja, 9000 beneficiários em cada região.

"Nos tempos extraordinários e desafiantes que vivemos queremos contribuir para a contenção da propagação da Covid-19, apoiando a criação de alternativas de triagem, acelerando os tempos de diagnóstico e a resposta clínica à Covid-19. ”

António Bico, CEO da Zurich Portugal

O centro regional de Lisboa já está em fase inicial, a funcionar no complexo do Hospital da Cruz Vermelha, sendo que o próximo a ser instalado, na região norte, vai ser inteiramente financiado pela Zurich Portugal e pela “Z Zurich Foundation”.

Este financiamento cobre a aquisição da unidade de campanha hospitalar, a capacidade logística do centro, os serviços de laboratório, a tecnologia e as necessidades de recursos humanos – a cada seis horas, cada centro de triagem terá um médico (presencial ou remotamente), dois enfermeiros, sete assistentes, um líder de equipa e um elemento de segurança.

“Nos tempos extraordinários e desafiantes que vivemos queremos contribuir para a contenção da propagação da Covid-19, apoiando a criação de alternativas de triagem, acelerando os tempos de diagnóstico e a resposta clínica à Covid-19. Estar ao lado da Cruz Vermelha Portuguesa é um passo para, coletivamente, conseguirmos proteger a qualidade de vida dos portugueses”, afirma António Bico, CEO da Zurich Portugal.

“Esta parceria revela-se de grande importância para a garantia da continuidade na resposta da Cruz Vermelha Portuguesa no quadro da prevenção e controlo da pandemia. Com o apoio da Zurich vai ser possível aumentar significativamente a capacidade de respostas à realização de testes, chegando a mais pessoas em mais áreas geográficas, e apoiar, de forma direta, efetiva e concertada quem está na linha da frente”, salienta Francisco George, Presidente da Cruz Vermelha Portuguesa.

A doação da Zurich Portugal e “Z Zurich Foundation” à delegação de Setúbal da Cruz Vermelha vai ser investida numa unidade de campanha hospitalar a implementar no concelho de Setúbal. Esta unidade irá dar apoio às ações da Cruz Vermelha e da Proteção Civil de Setúbal, possibilitando assim uma resposta mais rápida e eficiente à crise de saúde e humanitária que vivemos.

“Gostaríamos de agradecer a todos os voluntários da Missão Azul, clube de voluntariado da Zurich Portugal e também à ‘Z Zurich Foundation’ por se juntarem à nossa missão na prevenção e controlo desta terrível pandemia. Com este contributo, a delegação de Setúbal da Cruz Vermelha Portuguesa irá adquirir uma unidade de campanha hospitalar, cujo impacto na nossa região será bastante significativo, permitindo desta forma dar uma resposta ainda mais rápida e eficiente à atual crise de saúde e humanitária”, refere Fátima Henriques da Comissão Administrativa da Delegação Local de Setúbal da Cruz Vermelha Portuguesa.

Para além da Cruz Vermelha Portuguesa, a Zurich Portugal e a “Z Zurich Foundation” também estão a apoiar a ADIL – Associação para o Desenvolvimento Integral de Lordelo, Casa da Criança de Tires, Centro de Apoio ao Sem-Abrigo de Setúbal, CEPAC – Centro Padre Alves Correia, Comunidade Vida e Paz, Coração Amarelo, EPIS – Empresários Pela Inclusão Social e vários centros hospitalares com alimentação, equipamento informático, material didático, mobiliário ou viseiras de proteção individual.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Zurich Portugal e “Z Zurich Foundation” doam mais de 400 mil euros à Cruz Vermelha Portuguesa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião