Número de mortes por coronavírus pode ser 60% superior ao reportado, diz o FT

  • ECO
  • 27 Abril 2020

Uma análise do Financial Times concluiu que o número mundial de mortes provocadas pelo coronavírus pode ser 60% maior ao que está a ser reportado oficialmente.

Há quem acredite que o número de casos e mortes por coronavírus seja bastante maior e, agora, uma análise do Financial Times (conteúdo em inglês) vem dar mais força a essas teorias. De acordo com um estudo do jornal britânico, nos 14 países que foram analisados, há 122.000 mortes a mais do que as que estão a ser noticiadas oficialmente. E a verdade é que já há países a reverem em alta o número de casos.

Para calcular o número real de vítimas mortais, o FT comparou as mortes derivadas de todo o tipo de causas de cada país em março e abril, com o mesmo número de mortes observado no mesmo país em março e abril entre 2015 e 2019. Nesses 14 países, somam-se, ao todo, 77.000 mortes, mas o número final obtido pelo jornal britânico é de 122.000, o que representa um aumento de 50% face aos números que são conhecidos oficialmente.

E, se a tendência fosse semelhante, o número total de mortes por coronavírus em todo o mundo passava dos atuais 201.000 para 318.000, afirma o FT. Em todos os países analisados — à exceção da Dinamarca — o número real de mortes por coronavírus “superou em muito” os números oficiais. A precisão dos números avançados pelos países é influenciada pelo número de testes que são realizados.

De acordo com o mesmo jornal, as maiores diferenças entre o número real de mortes e o número de mortes noticiadas observam-se na Bélgica (60%), Espanha (51%), Holanda (42%) e França (34%). Embora as mortas possam ocorrer devido a outra causa para além do vírus, as maiores diferenças ocorreram em países onde os surtos têm atingido maiores dimensões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Número de mortes por coronavírus pode ser 60% superior ao reportado, diz o FT

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião