Tranquilidade/Generali explicou estratégia a 4 mil pessoas

  • ECO Seguros
  • 27 Abril 2020

Mistério desfeito: O novo logotipo junta as duas marcas. Em direto e online o Comité Executivo explicou virtualmente a parceiros em 60 países a nova estratégia e prioridades comerciais para 2020.

Na impossibilidade de reunir presencialmente todos parceiros e colaboradores da Tranquilidade/Generali, o grupo juntou em direto, online e em simultâneo mais de 4 mil pessoas num formato televisivo e interativo, em 60 países.

O encontro destinou-se a criar uma oportunidade para o Comité Executivo da Tranquilidade/Generali, partilhar “os principais desenvolvimentos corporativos, abordar o contexto atual, a estratégia e objetivos da companhia, assim como as principais prioridades comerciais de 2020”, soube ECOseguros.

Foi revelado que a marca comercial adotada será Tranquilidade no Continente e Madeira e Açoreana nos Açores, e que estas marcas passarão a ter um endosso do Grupo Generali, fazendo referência à ligação ao grupo italiano a que agora pertencem.

Novo logotipo: Generali passa a endossar Tranquilidade e Açoreana.

Pedro Carvalho, CEO da Tranquilidade/Generali, realçou na sua intervenção que a aquisição da Tranquilidade pela Generali significou um negócio de 2 mil milhões de euros de ativos e 600 milhões de euros em capital e foi o maior de sempre entre privados no setor em Portugal. Permitiu alcançar uma quota de mercado de 18% e mais de 5 mil mediadores, reforçando a posição como a maior companhia de agentes a operar em Portugal.

A nível local, foi destacado que, em Portugal, em 2019, a Tranquilidade/Generali cresceu acima do mercado e foi realçado o track record dos últimos 4 anos em Portugal, com destaque para integração em 24 meses do 3ª e 4ª maiores empresas do setor, a Tranquilidade e a Açoreana, o crescimento do valor da companhia em 10 vezes e o triplicar da sua dimensão.

Foi destacado o bom desempenho dos níveis de serviço, que têm sido inclusivamente melhorados, com 80% das chamadas atendidas em menos de 30 segundos e o rácio de processos e sinistros encerrados a ser claramente superior ao número de processos e sinistros abertos.

A importância do investimento efetuado nos últimos anos em inovação, como a automatização de processos, foram mencionados através do número de clientes que recebem documentação por meios digitais e dos serviços de self-service e atendimento automatizado, como a App, Chatbot e Whatsapp.

Para a transmissão do encontro foi utilizada uma plataforma profissional de video streaming com capacidade para permitir um elevado número de acessos em simultâneo, com as condições de autenticação e segurança necessárias. O evento foi transmitido em direto a partir de um estúdio de televisão e contou ainda com Paulo Portas, como orador convidado, que trouxe a sua visão da situação e impacto mundial do Covid-19 do ponto de vista económico, social e internacional, identificando oportunidades e desafios que podem emergir para o setor segurador.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tranquilidade/Generali explicou estratégia a 4 mil pessoas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião