Fotogaleria: Forças Armadas preparam regresso às aulas. Começam a desinfetar escolas

80 equipas de militares vão ser distribuídas por escolas de todo o país para a realização de ações de desinfeção e higienização antes do regresso das aulas presenciais para alunos do 11º e 12º anos

As Forças Armadas deram início nesta quarta-feira a uma operação de desinfeção de cerca de 800 escolas espalhadas pelo país. Esta operação acontece antes do regresso das aulas destinadas a alunos do 11º e 12º anos já a partir de maio.

No total, o Ministério da Defesa através das Forças Armadas vai destacar 80 equipas de militares (60 do Exército e 20 da Marinha) em agrupamentos escolares de todo o país para proceder a ações de desinfeção e higienização, formação de professores e funcionários e também sensibilização dos alunos para boas práticas de prevenção do contágio por Covid-19.

Estas ações visam apoiar os Ministérios da Educação e da Saúde no desenvolvimento de medidas de confiança e de segurança no conjunto de escolas previstas para a reabertura no terceiro período do ano escolar.

Veja na fotogaleria abaixo uma ação de desinfeção na Escola Secundária da Amadora:

 

 

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Fotogaleria: Forças Armadas preparam regresso às aulas. Começam a desinfetar escolas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião