Portugal é o país da UE com maior “fatia” de trabalhadores em pequenas empresas

De todos os países da União Europeia (UE), Portugal é aquele em que a "fatia" de trabalhadores empregados por pequenas empresas no total de pessoas empregadas é superior.

Portugal é o país da União Europeia (UE) em que uma maior percentagem da população empregada trabalha por conta de pequenas empresas, isto é, com menos de 49 trabalhadores. Do total de trabalhadores empregados no país, 61% trabalhava por conta de empresas de pequena dimensão, revelam os dados do Eurostat referentes a 2017.

Num conjunto de informação sobre o tecido empresarial europeu, o gabinete oficial de estatística da UE mostra a prevalência das pequenas empresas em Portugal como importantes entidades empregadoras na economia, assegurando 61% dos empregos. Do total do tecido empresarial português, em 2017, as pequenas empresas representavam uma “fatia” de 99,3%, a terceira maior do bloco comunitário.

Raio-X ao tecido empresarial da UE

Fonte: Eurostat

De acordo com o Eurostat, as pequenas e médias empresas (com até 250 trabalhadores) são “a espinha dorsal” da economia europeia. Os dados, que foram conhecidos esta quinta-feira, indicam ainda que, do tecido empresarial não financeiro da UE, 98,9% são pequenas empresas, 0,9% são médias empresas e 0,2% são grandes empresas.

“Em 2017, haviam 22,2 milhões de pequenas e médias empresas (PME) no tecido empresarial não financeiro da UE, contribuindo com mais de metade do total de valor acrescentado”, ou 56%, num total de 3,5 mil milhões de euros. “As PME empregavam 83,9 milhões de pessoas em 2017, correspondendo a 67% de todos os empregados”, salienta.

Os três setores que mais empregavam nessa altura eram: o da distribuição com 20,7 milhões de trabalhadores; o setor industrial com 15,8 milhões de trabalhadores; e o da construção, com 10,2 milhões de pessoas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal é o país da UE com maior “fatia” de trabalhadores em pequenas empresas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião