Bolsa de Lisboa avança pela 4.ª sessão com ajuda do BCP

A praça bolsista nacional acompanha a tendência altista das pares europeias em dia D na Europa. O PSI-20 está a ser apoiado pelo avanço de mais de 1% dos títulos do BCP.

A praça bolsista nacional tem vindo a recuperar gradualmente face às fortes perdas impostas pela pandemia. O PSI-20 avança pela quarta sessão seguida, alinhado com a recuperação dos pares europeus. Num dia que promete ser marcado pelo anúncio pela Comissão Europeia da sua nova proposta referente ao orçamento da União Europeia e ao Fundo de Retoma Económica, o BCP é o título que mais suporta os ganhos do índice bolsista lisboeta.

O PSI-20 valoriza 0,41%, para os 4.316,91 pontos, com apenas quatro títulos em terreno negativo. Na Europa, o Stoxx 600 — índice que agrega as 600 principais capitalizações bolsistas do Velho Continente — soma 0,2%.

O otimismo face à retoma das economias tem ajudado a puxar pelos mercados acionistas nas últimas sessões, sendo que esta quarta-feira as atenções dos investidores prometem estar ainda centradas na divulgação da proposta da Comissão Europeia referente ao orçamento de longo prazo da União Europeia e ao fundo de recuperação.

Seria relevante que a proposta da Comissão Europeia atravessasse um processo de aprovação acelerado, não só porque as ajudas chegariam aos seus destinatários de forma mais rápida como sinalizaria aos mercados financeiros uma imagem de união. De facto, esta proposta poderá favorecer uma maior integração fiscal entre os países da União”, refere o BPI no seu diário de bolsa desta quarta-feira.

No que respeita ao PSI20, a maioria dos títulos negoceia em alta, sendo que o BCP é um dos seus principais suportes. As ações do banco ganham 1,55%, para os 9,83 cêntimos.

No setor energético, as ações da Galp Energia somam 0,62%, para os 10,47 euros, em contraciclo com as cotações do petróleo nos mercados internacionais.

As retalhistas também ajudam a puxar pelo índice lisboeta. A Jerónimo Martins valoriza 0,51%, para os 14,725 euros por ação. Já a Sonae avança 0,59%, para os 68,45 cêntimos por ação.

(Notícia atualizada às 8h26)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsa de Lisboa avança pela 4.ª sessão com ajuda do BCP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião